Contenção de despesas em todas as classes

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

A crise financeira das famílias brasileiras é profunda, tanto que a economia está nas coisas que até então eram tão simples, como fazer um lanche da escola, durante o intervalo. Um comerciante do setor me contou que nunca viu tantos alunos trazerem a refeição de casa, pois um pastel, uma torrada, um café com leite, comprados na lancheria, somado às demais despesas, com mensalidade, transporte, material e roupas, faz diferença na conta final. Com isto, o dono do bar deixa de lucrar, deixa de gerar empregos, enfim, um efeito cascata terrível para o mercado.

 

Ministros reforçam a base de Temer

O Governo Temer vai conseguir aprovar os projetos das reformas, trabalhista e da previdência. Onze deputados licenciados, que ocupam ministérios, estão retornando ao Congresso para reforçar a base e garantir a aprovação das propostas. Caso as reformas não sejam aprovadas, “cabeças irão rolar”, pois se os partidos que ocupam ministérios não votarem com o Governo, estarão sendo desobedientes e caindo fora, com certeza. Neste sentido o PSB é um dos partidos que deve deixar o governo, após a definição sobre o futuro dessas matérias.

 

“Quem não deve, não teme.”

Não sei qual o problema do ex-presidente Lula comparecer em audiências de um processo, onde ele é o suspeito principal. As “suspeitas” contra o petista sugerem que ele acompanhe os depoimentos, já que os seus defensores dizem que ele é um santo e que não aprontou nada, enquanto esteve no Governo, então não vejo motivos para tanta preocupação, seria até uma forma de mostrar que não tem nada a temer.  A contrariedade à decisão do Juiz, em chamar Lula, está levando lideranças do seu partido a extravasar e até incitar confrontos entre classes. O deputado Pimenta, por exemplo, aquele mesmo que gostava de pegar carona com o empresário do Mensalão, Marcos Valério, mas que assim como Lula, também é santo, gravou em vídeo atacando o judiciário e incentivando a massa petista a ir para as ruas, em repúdio ao “chefe” ter sido intimado a acompanhar a oitiva de testemunhas.

 

Dizem por aí... Que o reitor da UPF, José Carlos, tem convite de vários partidos e vai concorrer a deputado nas próximas eleições. Será verdade?

Leia Também Linda ou ridícula? Muito obrigado Dom Urbano! O respeito à propriedade alheia CNBB: qual a nossa missão?