Danilo se manifesta sobre situação vivida no E. C. Passo Fundo

Compartilhe

O jogador Danilo, um dos contratados para a disputa do Campeonato Gaúcho de Futebol de 2017, fez um desabafo ao microfone da Rádio Planalto sobre a sua situação no Esporte Clube Passo Fundo.

Segundo seu relato, em entrevista concedida, o clube ficou com valores salariais pendentes em relação a ele, em cerca de R$ 10 mil.

Conforme Danilo, de segunda a sábado foi possível almoçar no restaurante localizado junto ao Estádio Vermelhão da Serra. O café da manhã foi garantido. Porém, em domingos e feriados era necessário recorrer aos amigos para ter acesso às refeições.

O volante afirmou que, após o Gauchão, ele teve que passar por uma intervenção cirúrgica para o tratamento de uma lesão. A intervenção cirúrgica ocorreu apenas em 11 de abril. Danilo aguarda a perícia para o dia 15 de maio a fim de ter acesso ao benefício do afastamento pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). Sua advogada está tratando do assunto.

Após a manifestação do jogador, o Departamento de Jornalismo da Rádio Planalto entrou em contato com o presidente Evandro Zambonatto, do Esporte Clube Passo Fundo. O dirigente destacou que não pretende se manifestar publicamente sobre a questão, que está sendo tratada pelo clube tricolor. Porém, segundo suas palavras, ele lamentou que o jogador tivesse adotado a atitude de escolher o caminho de se manifestar à imprensa sobre o assunto.

 ACOMPANHE A ENTREVISTA CONCEDIDA PELO JOGADOR DANILO AO REPÓRTER PAULO BIGÓIS.

Entrevista com Danilo

Leia Também E.C. Passo Fundo promove jantar na próxima semana Espetáculo de patinação “Broadway sobre rodas” acontece no sábado Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil avança para enfrentar o Parobé Voleibol: BSBios/UPF avança para a semifinal estadual