Danilo se manifesta sobre situação vivida no E. C. Passo Fundo

Compartilhe

O jogador Danilo, um dos contratados para a disputa do Campeonato Gaúcho de Futebol de 2017, fez um desabafo ao microfone da Rádio Planalto sobre a sua situação no Esporte Clube Passo Fundo.

Segundo seu relato, em entrevista concedida, o clube ficou com valores salariais pendentes em relação a ele, em cerca de R$ 10 mil.

Conforme Danilo, de segunda a sábado foi possível almoçar no restaurante localizado junto ao Estádio Vermelhão da Serra. O café da manhã foi garantido. Porém, em domingos e feriados era necessário recorrer aos amigos para ter acesso às refeições.

O volante afirmou que, após o Gauchão, ele teve que passar por uma intervenção cirúrgica para o tratamento de uma lesão. A intervenção cirúrgica ocorreu apenas em 11 de abril. Danilo aguarda a perícia para o dia 15 de maio a fim de ter acesso ao benefício do afastamento pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). Sua advogada está tratando do assunto.

Após a manifestação do jogador, o Departamento de Jornalismo da Rádio Planalto entrou em contato com o presidente Evandro Zambonatto, do Esporte Clube Passo Fundo. O dirigente destacou que não pretende se manifestar publicamente sobre a questão, que está sendo tratada pelo clube tricolor. Porém, segundo suas palavras, ele lamentou que o jogador tivesse adotado a atitude de escolher o caminho de se manifestar à imprensa sobre o assunto.

 ACOMPANHE A ENTREVISTA CONCEDIDA PELO JOGADOR DANILO AO REPÓRTER PAULO BIGÓIS.

Leia Também Grêmio x Real Madrid na final Final Flamengo x Independiente terá mais de 60 mil torcedores no Maracanã Grêmio finalista do Mundial Soloman reúne atletas do RS, de SC e do RJ