Câncer de pâncreas: raridade antes dos 30

Compartilhe

Segundo a União Internacional Contra o Câncer (UICC), os casos da doença aumentam com o avanço da idade: No Brasil, o câncer de pâncreas representa 2% de todos os tipos de câncer, sendo responsável por 4% do total de mortes por câncer. Por ano, nos Estados Unidos, cerca de 30 mil pessoas são diagnosticadas com a doença. A taxa de mortalidade por câncer de pâncreas é alta, pois é uma doença de difícil diagnóstico e extremamente agressivo. O câncer de pâncreas não apresenta sinais específicos, o que dificulta o diagnóstico precoce. Os sintomas dependem da região onde está localizado o tumor, e os mais perceptíveis são: perda de apetite e de peso, fraqueza, diarreia e tontura explicou o médico Rodrigo Weber no Programa Comando Popular na Rádio Planalto com apresentação de Ben Hur Borges.

acompanhe o áudio

Leia Também Avançam contatos para implantação do Centro de Valorização da Vida Saúde em Debate: a importância de lavar as mãos Enfermagem: Cuidado e segurança como essências Maio Roxo: conscientização sobre doenças inflamatórias intestinais