Quase vieram duas vitórias passo-fundenses no sábado

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe
Olá, amigos internautas!
Nesse sábado, 03, as equipes que representam  a capital do Planalto Médio nas competições estaduais, no período, tiveram boas atuações e estiveram muito próximas do que se projeta para a construção de boas campanhas. O Gaúcho fez o papel de casa e o Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil quase trouxe a vitória jogando longe da torcida.
Sobre o alviverde da BSBIOS Arena, era fundamental somar três pontos na abertura da segunda fase. Era diante do Três Passos, um adversário perigoso, o único a ter vencido o Grêmio na Segunda Divisão, a popular Terceirona. Não faltaram ingredientes de emoção, como gol anulado periquito que gerou reclamações e excelentes defesas do goleiro Vinícius para assegurar o resultado.
O Gaúcho venceu com a marca do artilheiro Fischer. Desde a sua saída para o União Frederiquense para jogar a Divisão de Acesso, o time sentiu a ausência de um nome para a definição. Foi dele o gol na etapa complementar (1x0). Vencido o primeiro desafio, agora é concentrar as atenções para um jogo sempre difícil contra o Igrejinha na casa do adversário, na próxima quarta-feira.
Sobre o Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil veio o empate de 1x1 com o Caipirinha/Horizontina. Nunca foi fácil jogar naquela cidade, em função de equipes bem armadas e de uma torcida sempre apaixonada. A equipe do técnico Alexandre Boeira, depois de 0x0 na etapa inicial, em que criou boas chances, lançou-se bem para o ataque no início da fase complementar. Abriu o marcador com Dani Otoni, jogador que conhece bem os caminhos da Série Prata, tendo conquistado o título no ano passado. Não vieram os três pontos, pois, diante de tanta insistência dos anfitriões, que já haviam se utilizado da alternativa do goleiro-linha, Pelezinho concluiu com perfeição, para igualar a contagem.
O resultado da equipe passo-fundense em Horizontina representou a perda da segunda colocação para a AFF, de Forteleza (13 pontos), enquanto o Parobé segue na frente (14 pontos). Mesmo assim, no momento um terceiro lugar, com 11 pontos, não deixa de ser significativo, em função do desempenho, com boas atuações, dentro e fora do Ginásio Capingui.  Até aqui, são três vitórias, dois empates e apenas uma derrota.
No próximo sábado, contra uma bem armada Uruguaianense, se pode esperar um grande jogo em Passo Fundo. A busca constante para se chegar à liderança continua. Todos ao jogo!

Até a próxima! Sejam felizes, vocês merecem!

Leia Também O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito Transporte coletivo entre boatos e incertezas