Polarização “mata” a boa política.

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

A divisão entre quem é a favor, e quem é contra o Governo, prejudica muito a população, pois aqui em Passo Fundo, no Estado e no País isto acontece e sempre aconteceu, faz parte da nossa visão limitada de tratar a política. O gestor pode estar fazendo um bom trabalho, mas não é do meu partido, então não posso apoiar e muito menos elogiar as suas iniciativas, o negócio é “queimar” as propostas, para não dar moral, pois na próxima o meu partido ou coligação precisa tirar ele do poder. Nesta linha a boa política é ferida de morte e os mais prejudicados não são os agentes, mas sim quem poderia ter uma vida melhor, através de ações proporcionadas pelo Estado. A democracia permite isso, é legal, mas não é ético, por isso que os partidos políticos estão em decadência, perderam o valor, a maioria ignora a verdade e comete injustiças, cabe aos eleitores mudar esta história e não ir atrás de discursos vazios, com o único objetivo de ser contra, por interesses eleitorais. Antes de dar valor para um comentário, tem que ver quem comenta, por aí se explica muitas posições.

 

Novidades tiram donos de posto da zona de conforto...

Há muito tempo se comenta que em Passo Fundo, existe um cartel, entre os proprietários de postos de combustíveis, que praticam o mesmo preço e mais que isto, um preço acima do valor do mercado, se comparado com a maioria das demais cidades. Esta situação foi alvo de uma investigação do Ministério Público também. Pois bem, agora novos empreendedores do setor estão se instalando na cidade e provocando uma concorrência, tirando quem está aqui a mais tempo da zona de conforto. Os novos postos estão oferecendo preços mais baixos para ganhar clientes e obrigando os tradicionais a baixarem também. Muito bom que isto aconteça, assim a população não fica refém de alguns donos de postos. Tomara que quem os novos continuem neste ritmo e não entre em acordo com os demais, subindo o preço novamente.

 

O que esperar do Governo Federal, com o “fica Temer”.

O julgamento da impugnação da chapa Dilma/Temer, no TSE, decepcionou muita gente, que viam no julgamento a grande chance de tirar Michel Temer do poder. Isto não aconteceu e gerou muita polêmica e desconfiança da própria corte, uma vez que alguns dos julgadores também são suspeitos de envolvimento em casos de corrupção. Diante deste quadro da permanência de Temer na presidência, o que esperar do restante deste Governo? Este será o tema do programa Frente e Verso, deste sábado pela Rádio Planalto. Opine nas redes sociais, ou ligando e participando ao vivo do programa, que vai ao ar das 10h às 11h.

 

Dizem por aí...Que quando alguns políticos pararem de olhar para o seu partido e olharem para o povo, as coisas vão melhorar na nossa política. Será verdade?

Leia Também Matam a educação pública, aos poucos! A periferia como lugar de atenção da Igreja Católica de Passo Fundo Orgulho Gaúcho O que é um Seminário?