O ponto da classificação

Postado por: Cristian Queiroz

Compartilhe

No sábado o Gaúcho recebeu o Grêmio na BSBIOS Arena. Esse foi o quarto confronto entre as duas equipes nesta competição. Na primeira, 7x1 para o Grêmio em Eldorado do Sul, depois 5x0 para os tricolores aqui em Passo Fundo e na semana passada, mais uma vez na região metropolitana o Grêmio venceu por 3x2 com gol aos 48 do segundo tempo. Mas sábado, aqui na Arena foi diferente. Aliás, no CT Hélio Dourado semana passada já havia sido diferente. O Gaúcho se comportou bem em campo, muito disciplinado defensivamente e apostando nas escaladas de Fischer e Alisson para surpreender o Grêmio, e deu certo, só perdeu o jogo no apagar das luzes em uma cobrança de falta. Sábado o Gaúcho demonstrou o mesmo bom desempenho defensivo pouco deu espaços para o Grêmio chegar à frente e conquistou o primeiro resultado positivo dos confrontos com o tricolor, 0x0 que deu o ponto que irá garantir a classificação Periquita para a próxima fase da competição.

Com a desistência do Elite (assunto que irei tratar nas próximas postagens) o Gaúcho tem mais três pontos garantidos, com isso chega a 13, ficando quatro à frente do PRS, que é o primeiro fora da zona de classificação, aí a importância do ponto conquistado diante do Grêmio, mesmo que o Gaúcho perca para o PRS na próxima rodada ainda permanecerá à frente do adversário e dentro da zona de classificação e aí decide tudo em casa contra o Igrejinha. Mas saliento que pelo futebol que tem apresentado acredito em uma vitória contra o PRS. Acredito que o Gaúcho possa classificar na segunda colocação da chave e trazer a decisão para Arena. São mais três jogos, dois fora e um em casa a classificação numa posição melhor está nas mãos do Gaúcho que sábado conquistou o ponto que garantiu a classificação.

PASSO FUNDO FUTSAL

No último sábado veio a primeira derrota da equipe diante do seu torcedor, que tem comparecido em grande número no Capingui. Foi a segunda derrota consecutiva, para o líder e o vice-líder da Série Prata e a coincidência está que nos dois jogos o Passo Fundo saiu vencendo por 1x0, cedeu a virada e acabou derrotado. O Passo Fundo Futsal é um time qualificado joga bem, mas peca na finalização, na hora do arremate o goleiro adversário se consagra. O Passo Fundo Futsal aceita o jogo adversário, esse é o problema para o técnico Alexandre Boeira resolver, fazer o time ser o proponente do jogo durante toda a partida no Capingui. Tenho certeza que o Prof. Boeira conseguirá fazer isso.

GRÊMIO

O que aconteceu ontem, 25, na Arena, era esperado. Todo gremista sabe que o Grohe, mais cedo ou mais tarde vai entregar um jogo e todo gremista sabe, também que o Luan vai perder um pênalti. Um não, mais um! E a minha dúvida prossegue: o que acontece com o menino Luan? Por que ele perde tantos pênaltis? Por que em alguns jogos ele some e parece displicente? Porque ele não consegue manter o bom desempenho que conhecemos? Regularidade é o que falta para o Luan ser o grande craque que o seu potencial lhe permite. E o Grohe é mais do mesmo, não está sendo um ano bom para ele. O Grêmio precisa contratar um goleiro, infelizmente o Marcelo está abaixo do que se espera e para ser campeão é preciso de um grande goleiro.

Além da falha de Grohe e o pênalti desperdiçado pelo Luan, o Grêmio perdeu para o Corinthians porque não foi capaz de furar a defesa do Timão. Os paulistas vieram para a Arena, deram a bola para o Grêmio e abriu mão de jogar. Ficou esperando uma bola de contra-ataque nos pés de Jadson ou de Jô para matar o jogo e foi o que aconteceu. O Corinthians é um bom time, bem organizado e letal, mas o Grêmio é melhor, é mais criativo, tem mais recursos, mais possibilidades, mas no confronto direto não conseguiu fazer tudo isso prevalecer e acabou derrotado. Ainda dá para chegar no Brasileirão, essa semana começam às quartas da Copa do Brasil e semana que vem às oitavas da Libertadores, com a cabeça no lugar o Grêmio avança em todas.

Boa segunda!

Leia Também Falecimento de titular de firma individual causa a extinção da execução fiscal Treinamento psicológico e o efeito no grupo A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais”