Talentos e loteria natural

Postado por: Neuro Zambam

Compartilhe

A loteria natural é uma dimensão da vida das pessoas poucas vezes refletida, mas essencial para a realização humana e a projeção dos ideais de futuro. Sem contarmos com a herança natural não é possível empreendermos nossa caminhada cotidiana e, sequer, projetarmos planos possíveis de serem de fato alcançados no futuro próximo.

Quando se trata de atuarmos socialmente, nós o fazemos contanto com determinadas circunstâncias nas quais estamos inseridos. Estas, nos limitam e, simultaneamente, nos abrem horizontes por vezes infinitos e, em outras situações, apenas representam a porta de entrada para um mundo que se vislumbra possível ou vertiginoso.

Vamos a um exemplo: não escolhemos nascer e viver no Brasil. Por circunstâncias as mais diferentes, nascemos, fomos criados e passaremos a maior parte, se não a totalidade, de nossas vidas nessas terras e com estas circunstâncias.

O desenvolvimento de uma nação e dos ambientes que frequentamos, atuamos e trabalhamos depende, entre inúmeros fatores, da loteria natural. Ou seja, das condições que temos  para desenvolver os talentos que recebemos e, de outra banda, da vontade de torná-los ativos, ampliá-los e vivificá-los no cotidiano.

As condições de desenvolvimento de uma nação, por exemplo, estão nesse circuito de organizações e estruturas para que os talentos não sejam enterrados. Uma nação dinâmica deveria oferecer as condições mínimas ou essenciais para que os seus membros percebessem as capacidades naturais que possuem e, em vez de reprimi-las ou enterrá-las, as ampliassem e tornassem visíveis seus efeitos para o engrandecimento de todos, especialmente dos mais necessitados.

A Parábola dos Talentos, amplamente conhecida nos meios teológicos, dos crentes e dos demais, pode ser retratada como a expressão da loteria natural. Ou seja, não se pode exigir que uma pessoa sem talentos crie gosto pelo desconhecido. Por exemplo: Quem não tem talento para o aprendizado da matemática, dificilmente será bom entendedor de lógica ou geometria.

Por outro lado, quando a loteria natural, dota uma pessoa de talentos e, estes, são escondidos, acomodados, desprezados ou desconsiderados, a consequência ressoa sobre si e os demais quanto maior for sua área de atuação ou responsabilidade.

A avaliação da ação dos líderes que precisam ser responsabilizados politica e administrativamente pela grave situação de vergonha e constrangimento que o Brasil atravessa nesse período da história, pode ser feita por meio da análise das condições para o desenvolvimento da loteria natural ou da Parábola dos Talentos.

Se nascemos no Brasil, temos o direito de obter as condições necessárias para nossa realização pessoal e integração social. Ai daqueles que impedem que isso ocorra, serão julgados pela história e pela eternidade. De outra parte, ai daqueles que tendo condições, desprezam a loteria natural.

Tenhamos coragem de manter a esperança, mesmo em meio a surpresas e inúmeras deficiências sociais, políticas e pessoais. Nunca é tarde pra perceber, atuar e animar os talentos.

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito