É possível recuperar um jovem criminoso?

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Parabéns ao Sindiurb

O sindicato que representa os trabalhadores do transporte coletivo de Passo Fundo clama por mais segurança. Até quando será preciso realizar manifestações para pedir uma coisa básica? Não é só questão de policiamento preventivo, para amenizar os assaltos a ônibus, é investigação, para identificar os ladrões e principalmente punição, o que depende mais da Justiça, que pelos últimos acontecimentos vêm aliviando a vida da bandidagem, soltando os autores, logo em seguida a prisão. Assim não tem como a categoria não se indignar. Neste sentido uma paralisação das atividades está prevista para o dia 17 de julho, ou seja, neste dia não haverá transporte coletivo na cidade. Os meus parabéns ao sindicato, que desta vez está avisando a população com antecedência, para que as pessoas se organizem de outra forma. A população deve apoiar em massa essa mobilização.

 

É possível recuperar um jovem criminoso?

O programa Frente e Verso, de amanhã, pela Rádio Planalto está perguntando: Um jovem que mata uma pessoa para roubar tem recuperação, ou é um caso perdido? Em sua opinião é possível recuperar um jovem criminoso? De que forma? Se não é possível, o que fazer para enfrentar esta situação. O programa inicia às 10 horas. Participações ao vivo pelo telefone 30452914.

 

É cedo para criticar a Reforma Trabalhista

Respeito quem é contrário às alterações na Reforma Trabalhista, mas por hora eu prefiro esperar para ver no que vai dar. Alguns ajustes eram necessários e tudo depende do ponto de vista que se analisa a questão. Para o sistema acredito que vai ser bom, mas se olharmos a situação individual, de alguns trabalhadores, será ruim. Uma coisa é certa, o mercado de trabalho vai estar mais exigente e a garantia do emprego e dos benefícios vai depender ainda mais da dedicação de cada um, a sua profissão ou função. Quem não leva muito a sério o trabalho, não gosta muito da coisa, irá sofrer com o desemprego.

 

 Dizem por aí... Que a Reforma Trabalhista vai dar mais poder para o empregador, mas também para os “bons trabalhadores”. Será verdade...

Leia Também A periferia como lugar de atenção da Igreja Católica de Passo Fundo Orgulho Gaúcho O que é um Seminário? Municípios receberão R$ 44 milhões para salas de vacinação