Por que consumir leites vegetais?

Postado por: Jureci Machado

Compartilhe

Os leites vegetais são opções saudáveis para uma dieta balanceada, mas  não substituem o de vaca considerando o teor de proteínas e cálcio. Os leites vegetais possuem vários nutrientes e são indicados para enriquecer o plano alimentar e para quem tem alergia à proteína do leite de vaca .

Leite de amêndoas: Possui boas quantidades de cálcio, vitamina E, potássio, magnésio, zinco, cobre, fósforo, fibras e vitaminas do complexo B. As vantagens deste tipo de leite em relação ao de vaca está no fato de ele ser rico em gorduras insaturadas, as famosas gorduras boas, e contar com fibras. Devido a sua quantidade de potássio, pode ser  benéfico para pessoas com pressão alta e problemas musculares. Porém, ele também possui algumas desvantagens em relação ao leite de vaca, pois conta com uma quantidade menor de proteínas por porção.

Leite de Aveia: É rico em carboidratos, beta-glucanas, um tipo de fibra solúvel, ácidos graxos essenciais, principalmente o linoleico, e antioxidantes, como a vitamina E. As fibras presentes neste leite proporcionam uma série de benefícios. Melhora o sistema digestivo e ajuda a controlar os níveis de colesterol e açúcar no sangue.

Leite de Arroz: Esse leite é rico em triptofano, aminoácido essencial e necessário para formarmos uma substância chamada serotonina, responsável pela sensação de bem-estar e que pode até contribuir para a diminuição da compulsão alimentar. Este alimento também possui  com boas quantidades de vitaminas do complexo B e é rico em carboidratos. Ele também possui mais micronutrientes do que o leite de vaca e não conta com gorduras saturadas, que em excesso podem causar problemas cardiovasculares, entre outros. Porém, conta com uma quantidade menor de proteínas.

Leite de Soja: Rico em cálcio, proteínas, potássio e magnésio. Um dos principais benefícios do leite de soja está no fato de conter isoflavanas. Trata-se de um fitoquímico capaz de atenuar os sintomas da menopausa por participar da produção, do metabolismo e da ação dos hormônios sexuais. Em outras palavras, as isoflavonas atuam como um substituto do estrógeno (hormônio que sofre l queda no período do climatério) e contribuem para a manutenção do equilíbrio hormonal. Mas é importante controlar o consumo excessivo desse alimento.

Mesmo esses leites sendo saudáveis é importante buscar uma orientação nutricional quanto a modificação da alimentação para que não haja carência de nutrientes.

Leia Também Precisamos ser competitivos Alimentação durante o tratamento da infecção urinária Estado falha e municípios pagam a conta da saúde O cão, o trigo e o Fusca