Frente e Verso discute insegurança no transporte coletivo

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Após mais uma manifestação dos trabalhadores do transporte coletivo urbano de Passo Fundo, clamando por segurança, renasce a esperança que algo concreto possa ser feito para que esta repetitiva reivindicação seja atendida. Quase todos os dias têm um assalto a ônibus na cidade, deixando trabalhadores e passageiros em pânico, pois os ladrões, drogados, podem a qualquer momento ferir ou tirar a vida de alguém. O que teria que ser feito para evitar os assaltos? O que está faltando para resolver este problema? Este será o tema do programa Frente e Verso, deste sábado, pela Rádio Planalto. Um tema polêmico, importante e a população precisa se manifestar, cobrar mais ações por parte da polícia, da prefeitura, das empresas e do Judiciário. O programa vai ao ar das 10h às 11h. A participação pode ser ao vivo, pelo telefone 30452914, por torpedo, para o número 9 99687300 ou pelo Face, na página do apresentador do programa (Ronaldo Rosa) ou da Rádio Planalto. Participe! Dê a sua opinião.

 

Cedo ou tarde para Uber em Passo Fundo?

Outra discussão polêmica que se aproxima é quanto abrir a cidade para o serviço de Uber, ou outros aplicativos, criando uma disputa com os taxistas. Em Porto Alegre as discussões foram acaloradas, inclusive com confrontos entre as categorias e entre quem era a favor e contra.  Tomara que isto não ocorra aqui. Eu abro a minha opinião, no momento sou contrário a esta abertura de mercado. Os taxistas, principalmente os motoristas, precisam sim melhorar o atendimento e respeito com os usuários e cumprir a lei, no que se refere a ligar o taxímetro e cobrar o preço justo pela corrida, esta é um discussão, mas nem por isto, um novo serviço precisa ser disponibilizado, por entender que irá inviabilizar ambos os lados. Uber é bom para grandes centros, nas capitais, para Passo Fundo ainda não é o momento, vamos valorizar os trabalhadores e familiares dos taxistas, que mesmo sem Uber, sobrevivem com dificuldades no setor.

 

Dizem por aí... Que quando todas as polícias e o Judiciário, trabalharem em conjunto, a impunidade vai diminuir e a segurança pública vai melhorar. Será verdade?

 

Leia Também Municípios receberão R$ 44 milhões para salas de vacinação Na escola da Misericórdia A fábula do vestidinho azul Jamais abdicar da democracia!