Francisco Turra é Personalidade do Agro 2017

Compartilhe

Francisco Turra receberá o Prêmio Personalidade do Agronegócio Ney Bittencourt de Araújo 2017, um dos mais prestigiados do setor no Brasil. A entrega será feita durante o 16º Congresso Brasileiro do Agronegócio (CBA), dia 7 de agosto, em São Paulo. O evento é promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), entidade cujos componentes correspondem a pelo menos 10% do PIB nacional.

“Para nós, é motivo de grande honra e alegria entregar esse prêmio ao ex-ministro Francisco Turra. É um reconhecimento por sua atuação à frente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e por tantas contribuições ao longo da sua vida profissional e de homem público em favor do agronegócio brasileiro”, explica o presidente da Abag, Caio Carvalho. Ano passado, o agraciado foi o governador do Mato Grosso, Pedro Taques.

Natural de Marau (RS), Francisco Turra é presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal desde 2014. Em mais de 40 anos de vida pública, foi prefeito de sua cidade natal, deputado estadual e federal, presidente da Conab, diretor de agronegócios da Fiergs e do BRDE. Em 1998, comandou o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, onde criou programas como Moderfrota, de financiamento para a compra de equipamentos agrícolas. 

A edição desse ano do CBA tem como tema "Reformar para competir". Painéis sobre as mudanças na legislação trabalhista e reforma tributária estão na programação, além de uma mesa redonda sobre geopolítica. Ano passado, o congresso contabilizou 830 participantes entre autoridades, executivos, lideranças setoriais e formadores de opinião; 220 jornalistas de todo o país e cerca de 5.500 visualizações pela internet. 

A Associação Brasileira do Agronegócio (Abag)

A Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) foi fundada em 1993 pelo visionário engenheiro agrônomo e empreendedor Ney Bittencourt de Araújo. Foi ele quem introduziu o termo agronegócio no Brasil. A entidade possui hoje 60 associadas mantenedoras e conta com um conselho consultivo composto por 34 entidades do setor.

A Abag promove a aliança entre os diferentes segmentos do agro nacional, atuando como mediadora das relações entre governo, iniciativa privada, entidades de classe e instituições de ensino. 

Leia Também RS entre os estados com maior uso de sementes piratas RS formaliza pedido de auditoria para certificado de zona livre de aftosa sem vacinação Apassul contesta o comércio de sementes piratas Tarde de Campo na Coasa dia 10 de outubro