Projeto de Educação Financeira na rede municipal de Casca

Postado por: Josué Longo

Compartilhe

Olá amigos! Nesta semana, compartilho com vocês a iniciativa do Vereador de Casca, Wagner Miranda que, através de um projeto de lei, conseguiu aprovar um programa de Educação Financeira na rede municipal de ensino. E o surpreendente é que a iniciativa não ficou só no papel, a Secretaria Municipal de Educação já colocou em funcionamento e o projeto piloto está acontecendo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Homero Lima.

No Brasil, temos hoje aproximadamente 600 escolas que oferecem educação financeira, o que é pouco para um país com mais de 40 milhões de alunos. Em geral, a dificuldade maior não é aprovar a lei, mas sim, colocá-la em prática. Esse tem sido o grande desafio.

Vivemos numa sociedade onde o equilíbrio financeiro é fundamental, tanto no planejamento do futuro, como para o conforto presente, comenta o Vereador Wagner na defesa do seu projeto. Existem muitas facilidades para a obtenção de crédito. Alguns podem até ser obtidos com agilidade nos caixas eletrônicos dos bancos, como é o caso do crédito consignado. O problema é que, no intuito de realizar novos empreendimentos ou projetos pessoais, algumas pessoas de forma impulsiva e sem medir as consequências em longo prazo se endividam e entram na popularmente chamada “bola de neve”. Geram dívidas que, somadas aos juros sob juros crescem com o tempo, ao invés de diminuírem.

E é nesse sentido que o projeto de Educação Financeira se torna tão importante. Além de proporcionar a formação de futuros adultos mais conscientes, possibilita que esse aprendizado faça parte do dia a dia das famílias. As crianças levam para casa os conhecimentos adquiridos na escola e assim, podem ajudar na mudança de maus hábitos familiares. Seja em uma ida ao mercado ou em um passeio no shopping, os alunos podem ajudar seus pais a escolherem produtos com descontos, priorizarem a compra do que realmente é necessário à família e assim, contribuir para a criação do hábito do planejamento financeiro. Não gastar mais do que ganha e aprender a poupar, ajudam a manter as finanças saudáveis.

VOCÊ SABIA?

No mundo, mais de 50 países criaram estratégias nacionais de educação financeira.

 

Leia Também Pantalona favorece todo tipo de corpo O culto à ignorância Conheça os 21 bloqueadores da criatividade e fuja deles – Episódio I Unindo gerações para construir o amanhã