Quais são as tuas metas?

Postado por: Jéssica Limberger

Compartilhe

A cada dia, desenvolvemos inúmeras atividades, seja no trabalho ou no nosso lar. Em meio a tantas tarefas, é sempre importante termos clareza sobre quais são as nossas metas a curto, médio e longo prazo. Assim, ficamos satisfeitos com as nossas realizações e ainda mais motivados para criarmos novas metas. A seguir, sete questões para refletirmos:

 1. Tenha metas alcançáveis. Por vezes, acabamos por criar metas muito amplas, como por exemplo "ser feliz" e "ter saúde". Como você pode perceber, essas metas são bem abrangentes, sendo difícil identificar quando elas foram alcançadas.

2. Crie metas específicas. A partir de um desejo maior, como a saúde e a felicidade, podemos criar nossas metas. Por exemplo, se queremos saúde, podemos criar a meta de realizarmos atividade física uma vez por semana.

3. Comece aos poucos. Talvez você se pergunte: uma vez por semana não é muito pouco? Talvez seja, mas já é melhor que nada. Gradualmente, você pode ampliar essa meta para uma atividade física duas vezes por semana, ampliando outras atividades que contribuam com a sua saúde, como ir ao psicólogo, ingerir alimentos saudáveis e fazer uma atividade que lhe dê prazer.

4. Coloque suas metas no papel. Escreva suas metas, enumere quais são as suas prioridades e trace um plano para a sua execução. Você pode ter metas a curto, médio e longo prazo, sempre refletindo sobre a sua motivação na execução daquela meta.

5. Faça metas para si, e não para os outros. Crie metas específicas para os seus comportamentos, comprometendo-se com elas. Desta forma, não cobre dos outros a realização de uma meta que é sua.

6. Meta compartilhada, responsabilidade também! Se você tem uma meta compartilhada com outra pessoa, é importante que ambos estejam buscando essa meta, ficando bem claro quais são as atribuições de cada um na execução dessa meta. Vale lembrar: para aquelas metas compartilhadas com outras pessoas, a responsabilidade também necessita ser dividida, sem sobrecarregar alguém.

7. Evite “deverias” e “tenho que”. Quando você estiver com a sua meta clara, evite dizer “Tenho que fazer essa atividade” ou “Eu deveria fazer isso”. Comprometa-se mais. Frases como “Eu quero fazer essa atividade” ou “Eu vou fazer isso” estão carregadas de ação e comprometimento, que são essenciais para a execução dos nossos planos.

Diante destas questões, é importante lembrar que não existem “fórmulas mágicas” para executarmos nossas metas, o que existe é um conjunto de ações que, de acordo com cada pessoa, irão contribuir para um melhor planejamento e execução. Também é importante lembrar que as metas podem ser modificadas e redefinidas, afinal, a vida sempre nos traz inúmeras surpresas e desafios que vão além das metas que traçamos.

Leia Também William II Elo passado-presente-futuro Sujeito descansado Maneiras de usar o floral nesse verão 2018