Programa É o Bicho: novas clínicas veterinárias são contratadas

Compartilhe
O planejamento e a execução de políticas públicas para reduzir a procriação descontrolada e o abandono de animais em áreas urbanas é um grande desafio. Por isso, a Prefeitura de Passo Fundo conta com o Programa É o Bicho, que realiza a castração cirúrgica de caninos e felinos. Para dar continuidade ao trabalho, o município abriu um edital para renovar e aumentar o número de clínicas veterinárias. Com o encerramento do processo, seis clínicas foram contratadas e passam a prestar o serviço. 

Nessa terça-feira (8), a vila Bom Jesus recebeu o atendimento, com a coleta dos animais já cadastrados para o encaminhamento da castração cirúrgica nas clínicas. Posteriormente, os animais são devolvidos para a comunidade. “Estamos organizando nosso cronograma interno de atividades opara atender da melhor forma possível a população e contribuir com a manutenção de ações que cuidam do bem-estar dos animais”, disse a coordenadora de Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente, Maria de Loudes Secorun. 

A esterilização, além de realizar o controle, melhora a qualidade de vida dos animais domésticos ao evitar a incidência de doenças e problemas de comportamento inadequados ao convívio com outros animais e seres humanos. Assim, o programa é fundamental para o desenvolvimento de políticas públicas de bem-estar animal. “Já realizamos mais 2.200 castrações, evitando o possível nascimento de 26.400 animais, considerando o ciclo um ano. A continuidade do serviço é importante para darmos seguimento ao trabalho de resultados que vem sendo apresentado”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Rubens Astolfi. 

(Foto: Arquivo PMPF)

Leia Também Eleita a nova diretoria da CDL Prazo para recursos de projetos inabilitados do Funcultura encerra nesta quarta-feira Stadtbus vence licitação para concessão do transporte público Calor continua intenso na terça-feira