Sustentabilidade Empresarial

Postado por: Manoela Cielo

Compartilhe

A sustentabilidade empresarial não é nenhuma novidade para empresas com um olhar mais avançado e focado no mercado competitivo. A preocupação com o meio ambiente não acontece mais de forma isolada, mas sim de forma conjunta ao desenvolvimento sustentável da sociedade.

Não basta apenas o cumprimento de normas para a regularização ambiental de uma empresa, pois isso é uma obrigação legal e não somente uma preocupação ambiental, o diferencial é a adoção de novos hábitos que aperfeiçoem o cuidado com a preservação da natureza.

Entre esses hábitos estão o desenvolvimento de algumas ações, como a reciclagem dos resíduos, utilização de materiais recicláveis,  entendimento dos processos, como são gerados, que materiais utilizam, se priorizam o uso racional da água, de energia elétrica, sistema para reaproveitamento da água da chuva, bem como dos processos produtivos, sistemas para aproveitamento da luz solar de forma eficiente, uso de sacolas biodegradáveis, criação de projetos para educação ambiental sustentável da empresa e da região em que a mesma está inserida, pegada ecológica, além do respeito as normas e condicionantes ambientais impostas para a operação do empreendimento, conforme licença ambiental.

Além de todas essas ações ainda existem muitas outras. A preocupação com a segurança dos funcionários como dos clientes, desenvolvimento de serviços e produtos que gerem valor e não causem danos a saúde da população, bem como o atendimento de normas ambientais estrangeiras para empresas que buscam se destacar no mercado internacional.

Toda essa preocupação com a sustentabilidade empresarial não desenvolve apenas uma imagem positiva para empresa, como também uma reação em cadeia, onde consumidores começam a observar e adotar essas práticas vistas como diferenciais de qualidade, de segmentos preocupados com as presentes e futuras gerações.

Assim como existem empresas que já desenvolvem essas ações há mais tempo, bem como as que estão se adaptando, também existem pessoas com olhar mais evoluído, com foco no consumo consciente, em reduzir, reutilizar, reciclar, criando uma sociedade mais exigente a soluções sustentáveis e a preservação ambiental, fazendo nascer em sua família um estilo de vida mais saudável, econômico e rentável. Uma consciência que passa de pais para filhos, das presentes para as futuras gerações, até porque nada é mais contagioso que o exemplo.

Leia Também Crescimento, emprego e custos de vida: o governo não entregou o que prometeu Derrota e ensinamentos na Série Prata Alimentos que tiram a fome despesas de capatazia não entram no cálculo de Imposto de Importação