Há 20 anos, Passo Fundo recebia o Olímpia do Paraguai!

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe
Olá, amigos internautas!
Há 20 anos, em 1997, o Esporte Clube Passo Fundo disputava o primeiro jogo internacional de sua história. Foi em um encontro de caráter amistoso, ocorrido no Estádio Vermelhão da Serra, diante do Olímpia, do Paraguai.
Um grande público compareceu às arquibancadas, uma vez estar presente um ilustre visitante. Há alguns anos, o alvinegro guarani havia conquistado os títulos da Libertadores da América e do Mundial Interclubes. E estavam no elenco integrantes da seleção nacional.
O Passo Fundo segurou até quando foi possível o ataque paraguaio, porém a força do concorrente acabou fazendo a diferença. O Olímpia ganhou por 4x1 naquela noite de quinta-feira.  Coube ao atacante Renato Teixeira, cobrando falta, marcar o tento de honra e, então, o primeiro gol de marca internacional de todos os tempos na vida do tricolor. O placar era o que menos importava, tendo em vista a qualidade do espetáculo.
Naquele ano, a direção do tricolor do Planalto teve grande visão. Sabendo que os paraguaios viriam fazer amistoso contra o Internacional em Cidreira, fizeram questão de convidá-lo. O jogo ocorreu antes em Passo Fundo e no sábado houve empate de colorados e alvinegros por 1x1. Era o período de vacas magras no clube do Beira-Rio, após a eliminação diante do Bragantino por 1x0 pelo Campeonato Brasileiro - Arilson, autor do gol, acabou sendo o único aplaudido no duelo do litoral.
Ainda sobre o jogo diante do Olímpia no Vermelhão da Serra, estava no banco e concedeu uma entrevista para a Rádio Planalto o jogador de boa estatutura denominado Raúl Vicente Amarilla. Era o treinador do time. Em 1989, ele havia se destacado por ser um dos principais jogadores da vitória do Olímpia no Beira-Rio pela semifinal da Libertadores. Dificilmente, se encontrará na história colorada uma derrota mais amarga no Beira-Rio (2x3 no tempo normal e vitória paraguaia nos pênaltis).  
Amarilla na época falava com confiança do crescimento do futebol do seu país. Demorou, mas onze anos depois chegou a fazer uma brilhante campanha na Copa da França. A seleção do Paraguai apenas parou na etapa da morte súbita contra os futuros campeões de 1998.
Sobre os confrontos internacionais na vida do Passo Fundo, ainda houve um outro jogo anos depois, contra os aspirantes do Cerro Porteño, da Argentina. Então, o tricolor ganhou de 4x1.

Até a próxima, sempre contando a história do esporte passo-fundense!
Sejam felizes, vocês merecem!

Leia Também A ciência como ferramenta para a sabedoria Quebra-molas são permitidos, “em casos especiais” Passo Fundo Futsal/Fasurgs/Zamil: uma grande equipe nos representou em 2017 A Taça Maldita!