Sobre os sonhos das crianças gaúchas

Postado por: Dilerman Zanchet

Compartilhe

Sei do sonho da maioria das crianças deste meu Rio Grande.

Sei de seus medos, seus projetos, suas boas vontades.

Sei de seu amor pelo Rio Grande e pela cultura de seu povo, nosso povo, nosso orgulho.

Ao contrário do que muitas crianças aprenderão em algumas aulas de história, nossa História é linda. É de luta. É de ideais.

E em nome destas crianças que estamos realizando mais um rodeio artístico.

Para dar valor e voz, nos passos da dança, na interpretação, no sarandeio ou no sapateio, que a Rádio Planalto, da qual muito me orgulho em estar no quadro desde a década de 1980, ou seja, há quase 35 anos, realiza o rodeio artístico.

Este rodeio que fazemos em Passo Fundo em uma época de crise política, econômica, moral e dos bons costumes, visa fortalecer estes valores no peito de cada criança.

Queremos e trabalhamos um ano para isso.

Me sinto um privilegiado.

Privilegiado por subir ao palco e encarar centenas e milhares de pessoas que vão até ali ver a meninada dançar. Ou mesmo para assistir a um show.

E o privilégio é por representar, na apresentação deste evento, todos os colegas da Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo.

Foi uma luta árdua, mas que valeu a pena lutar.

Em nome dos colegas, muito obrigado a vocês que vão até o Parque de Rodeios. E aos que participarão de uma ou outra forma.

Muito obrigado Passo Fundo, Sétima Região e Estado, por nos permitir resgatar um pouco da história artística do nosso amado Rio Grande do Sul. 

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito