Música, cores e literatura para todas as idades

Compartilhe

De um lado, livros pendurados chamavam atenção; as cores das latas da “Eco Sala” foi um dos atrativos. Do outro lado, balanços nas árvores remeteram adultos à infância e as crianças fizeram a festa. Um pedacinho da Feira do Livro de Passo Fundo foi parar em uma das praças mais movimentadas da cidade. Pelo segundo ano consecutivo, a Mini Feira do Livro levou aos amantes da leitura uma pequena amostra do grande evento literário, que nesse ano será realizado de 03 a 12 de novembro no Bourbon Shopping.

A Praça Antonino Xavier, em frente ao “Amigo do Livro”, o Hospital da Cidade, foi palco de uma grande movimentação literária e cultural promovida pela Associação dos Livreiros de Passo Fundo, em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Educação. A tarde ensolarada do domingo (10), reuniu leitores de zero a cem anos, que encantados com a magia dos livros, não perderam a oportunidade de se divertir e viajar por entre as páginas e suas histórias.

Outra atração da Mini Feira do Livro foi o Piquenique Literário, espaço destinado para troca e doação de livros. As obras arrecadadas serão repassadas ao Hospital da Cidade de Passo Fundo, que na 31ª edição do evento, será homenageado como “Amigo do Livro”, devido a biblioteca existente na Instituição. Para a presidente da Associação dos Livreiros de Passo Fundo (ALPF), Silvana Rovani, a Mini Feira superou as expectativas, pois levou cores, música e muita literatura a todos que deram uma passadinha na Praça.

Conforme Silvana o apoio da Prefeitura Municipal, bem como das empresas participantes e apoiadoras do evento, e a parceria dos livreiros de Passo Fundo, são fundamentais para a realização tanto da Feira do Livro, como as Mini Feiras. “Tivemos a participação de um bom público no nosso evento literário, o que é motivo de muita alegria. Temos parceiros importantes nessa caminhada e sem dúvidas isso fortalece nossa Feira para que possamos levar cultura a todos os leitores, além de uma programação variada”, destaca.

Estiveram presentes na Mini Feira do Livro o Secretário Municipal de Educação, Edmilson Brandão, além de profissionais que auxiliam na Secretaria, representantes da Biblioteca Municipal e do Quiosque de Leitura Roberto Pirovano Zanatta, o membro da Junta Administrativa HC/HBPM, Dionísio Balvedi e o Assistente Social do HC, Charles Vieira, o escritor Pablo Morenno além de representantes da imprensa. A Associação Passofundense de Cegos (Apace), participou da Mini Feira do Livro e comercializou produtos para arrecadar fundos que auxiliarão na manutenção da entidade.

 

A cores e o balanço da literatura

Com a proposta de transmitir às crianças uma leitura no meio urbano, onde o aprender não precisa ser necessariamente em uma sala de aula convencional, o projeto “Eco Sala” levou ainda mais cores para a Mini Feira do Livro. As alturas dos assentos retratam as fases que a criança percorre na escola, desde o berçário até sua formação. As cores remetem a diferentes formas de pensar do indivíduo, onde cada pessoa pode ter um dom, se identificando em sua formação. Já o projeto literário “Um Balanço na Vida”, busca levar para as crianças um pouco da alegria e diversão que o balanço pode proporcionar, além de resgatar o hábito da leitura e o sentir da cidade. Outras intervenções culturais deverão ser realizadas pela ALPF, que participará da Jornada Nacional de Literatura em outubro.

 Foto: Felipe Souza/AI Feira do Livro

Leia Também Cerca de 200 mil pesquisas são acessadas na Base de Dados da IMED Escola Padre Alcides tem seu primeiro dia de aulas Candidatos aprovados no ProUni têm até dia 23 para comprovar informações IMED continua oferecendo o FIES para seus estudantes