O "arrastão" agora é da polícia!

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

O que está acontecendo na Rocinha no Rio de Janeiro é muito bom e deve se espalhar por todo o Brasil. Temos um Exército, uma polícia de elite a disposição e temos que usufruir deste pessoal, que ganha bem e trabalha pouco. É um verdadeiro arrastão às avessas, desta vez sendo feito para limpar a sujeira, como tem que ser e colocar traficantes e vagabundos para correr, como temos visto nas imagens. Isso precisa ser feito em todo o país, inclusive aqui em Passo Fundo tem alguns bairros que merecem um arrastão da polícia, o Exército tinha que vir para cá e dar um susto nesse pessoal, que destrói nossa sociedade, as nossas famílias e os nossos jovens, vendendo essas por carias de drogas. Traficante não tem cura, nem cadeia resolve, pois depois de solto volta para o mesmo crime.

 

População elege praças como principal opção de lazer

Passo Fundo não é uma cidade com tantas opções de lazer, por isso as praças, em boas condições, tem se tornado um ponto de referências para passeios, encontros e divertimento da criançada. É impressionante o movimento em alguns lugar, como o Parque da Gare, Banhado da Vergueiro, Praça do Hospital da Cidade, Sétimo Céu, canteiros da Avenida Brasil, no Boqueirão, tudo lotado. São milhares de pessoas e com a chegada da estação de calor a tendência é este movimento aumentar. Por isso que os investimentos em praças têm sido valorizados pela população, pois significa qualidade de vida. Talvez não fosse o melhor programa, mas é o que temos.

 

Motorista precisa em constante atualização

No programa Frente e Verso, de sábado, ficou claro que, apesar de o motorista ser o principal responsável pela “guerra” no trânsito brasileiro, não podemos desistir e temos que insistir em campanhas de educação para o trânsito e de atualização dos condutores e também dos pedestres, caso contrário, o comportamento vai ficar ainda pior. Num cenário ideal, de pessoas conscientes e educadas, isso não seria possível, mas infelizmente esta não é a realidade da maioria da população. Precisa também aumentar as punições, a quem provoca graves acidentes, principalmente com morte e que fique comprovado a sua culpa. Outra questão é a necessidade de investimentos em transporte público, para diminuir o número de veículos nas ruas, tarifas baratas, agilidade e modernidade, poderiam estimular as pessoas a abandonar o transporte partículas, o que seria muito bom para a segurança e para o meio ambiente.

 

Dizem por aí... Que bairros como, Cruzeiro, Operária, Záchia, Jaboticabal e Petrópolis, seriam os primeiros a ser varridos, caso o Exército resolvesse fazer um arrastão em Passo Fundo. Será verdade?

Leia Também Mentira desmascarada Linda ou ridícula? Muito obrigado Dom Urbano! O respeito à propriedade alheia