Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo

Postado por: Josué Longo

Compartilhe

Olá amigos! “A Jornada voltou!”, foi com essa frase, dita de forma emocionada pelo Prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, que foi oficialmente aberta a 16° Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo, promovida pela Universidade de Passo Fundo (UPF) e pela Prefeitura Municipal.

Após o cancelamento do evento, em 2015, por falta de recursos, foi necessário repensar o formato e rever os custos para retomar sua realização. A Jornada deste ano tem como característica a descentralização das atividades, com ações nas ruas, bares e outros pontos da cidade. Junto acontece a 8° Jornadinha Nacional de Literatura, que espera receber mais de 20 mil estudantes. Até sexta-feira, dia 6/10, teremos conferências e seminários com a presença de grandes escritores e uma programação cultural diversificada com shows, espetáculos teatrais e leituras pela cidade.

A Jornada Nacional de Literatura tem contribuído muito para a formação de leitores não só em Passo Fundo e região, mas em todo Brasil. Este que é um dos maiores eventos literários do país, tem servido de exemplo para muitas outras cidades e estados.

O contato de leitores, crianças e jovens em formação, com escritores e artistas nacionais e internacionais é, sem sombra de dúvida, uma experiência ímpar na vida de milhares de pessoas que já participaram das Jornadas Literárias de Passo Fundo. A ação, fruto da perseverança da professora Dra. Tania Rösing e do escritor gaúcho Josué Guimarães, lá no início dos anos 80, gerou e vem gerando bons frutos além dos tempos. Mas, muito ainda pode e deve ser feito. Precisamos mais do que nunca de cidadãos leitores.

Lamentável é constatar que, na contramão dos esforços e dedicação para a realização da Jornada, o governo Temer cancelou o envio de obras literárias às escolas públicas do país. Não há como formar novos leitores sem políticas públicas que propiciem a todos o acesso aos livros.

Nesse sentido, parabenizando os coordenadores gerais Fabiane Verardi Burlamaque e Miguel Rettenmaier, parabenizo a todos os que trabalharam para a volta da Jornada e como cidadão e leitor, obrigado por nos proporcionarem esse evento que é um orgulho para nós! Boa Jornada a todos!

Leia Também Pantalona favorece todo tipo de corpo O culto à ignorância Conheça os 21 bloqueadores da criatividade e fuja deles – Episódio I Unindo gerações para construir o amanhã