27º Domingo do Tempo Comum.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
O Evangelho deste final de semana mais uma vez nos adverte e chama atenção sobre o nosso procedimento e atitudes. Segundo evangelista Mateus 21, 33-43 Jesus nos conta mais uma parábola: O senhor da vinha cobrando o produto de sua colheita e recebendo em troca a maldade. 
Deus nos enviou o seu próprio Filho, num grande gesto de amor e que foi sacrificado e morto numa cruz. Diante da narrativa deste evangelho percebemos o quanto somos ingratos e indiferentes. Deus não poderia ter nos dado um amor maior do que este: enviar o seu Filho para nos trazer a boa nova e nos redimir. E o que fizemos? O pregamos numa cruz, sem piedade. O que mais Deus precisa fazer para a humanidade? O que temos dado em troca do Seu amor? Cada dia é uma nova oportunidade para a nossa conversão.
Enquanto vivos ainda podemos nos redimir. Deus tem sido muito paciente com a humanidade. Cada dia percebemos, mais e mais, a maldade dos seres humanos; a falta de solidariedade e a falta de amor ao próximo. É muito difícil mudar nossa atitudes, porém, o Pai nos recebe sempre de volta à Sua casa e espera, pacientemente, pela nossa conversão. 
Somos pacientes com aqueles que vivem conosco? Sabemos acolhê-los e perdoá-los sempre que erram? Cobramos dos outros aquilo que não  conseguimos fazer corretamente?  Pensemos nisso.  
Bom domingo na paz do Senhor.


Leia Também 3º Domingo do Tempo Comum. Que seja feita justiça no caso “Lula” “A verdade vos libertará” (João 8, 32) Absolver é dar um viva à imoralidade