Servidores municipais começam a usufruir da ampliação de licença paternidade

Compartilhe

Foi publicada nesta sexta-feira (06) a lei que amplia a licença paternidade para os servidores municipais de Passo Fundo. Até agora os servidores tinham direito a cinco dias de afastamento do trabalho após o nascimento ou adoção de filhos. O primeiro servidor a usufruir do benefício foi o médico veterinário, Thiago de Barcellos. O filho dele, Pedro, nasceu no começo da manhã e o servidor terá o direito aos cinco dias de licença previstos na legislação anterior mais os quinze dias optativos da nova lei. “É uma alegria enorme e não deixa de ser um alívio. Isso favorece no acompanhamento dos primeiros dias de criação do bebê. O pai tem sido cada vez mais ativo neste processo e estava aguardando com bastante expectativa esta lei para que pudesse estar mais presente neste momento” disse Barcellos.

A lei foi uma proposta do SIMPASSO e consta na pauta de reivindicações da última Data-Base e contou com a indicação do vereador do PC do B Alex Necker ao executivo que apresentou o projeto de lei aprovado por unanimidade pelos vereadores de Passo Fundo. A lei complementar indica que este período extra de licença não é automático, os servidores precisam informar ao executivo até o segundo dia de nascimento ou adoção do filho que pretende usufruir da extensão da licença. Segundo o presidente do SIMPASSO, “os servidores precisam estar atentos a este detalhe para que não tenham surpresas mais tarde com descontos de dias sem trabalhar. A orientação é que assim que o filho do servidor nasça ou seja adotado, se comunique o setor. Estamos satisfeito com este avanço que permite um maior bem-estar dos servidores juntos com suas famílias”.

 

Leia Também Encontrado avião que desapareceu com piloto, mulher e filho no MT Água Santa realiza Seminário Regional do Leite Julgamento de Lula foi marcado para o dia 24 de janeiro Sai o calendário de pagamento do IPTU de Passo Fundo