O perigo das páginas anônimas no Facebook

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

A comunicação virtual é um grande avanço para a sociedade mundial, porém hoje qualquer um inventa uma página, real ou falsa e sai dando opinião e falando até mesmo da vida alheia indiscriminadamente. Neste sentido é preciso que as pessoas tenham consciência, seriedade e acima de tudo não sejam alienadas, ao ponto de acreditar que o que se coloca em páginas anônimas é verdade, se fosse o autor não se esconderia. A mentira, fofoca, maldade são coisas que fazem parte da vida de um covarde, que, na maioria, é uma pessoal mal resolvida, amargurada, desprestigiada, incapaz, frustrada, fracassada na vida, doente e desocupada, por isso tem tempo para ficar inventando coisas e atacando aquelas pessoas, pura inveja e ciúmes, por não ser, quem gostaria ou pensa ser. Neste sentido, numa dessas páginas anônima, disseram que eu votei contra uma das minhas propostas de campanha, então chego à conclusão que outra característica do anônimo é a desinformação. Já esclareci o fato citado aqui mesmo neste espaço, mas agradeço quem fez a publicação, por provocar novamente este assunto, assim irei falar mais sobre o assunto nos próximos dias.

 

Romaria, exemplo de devoção e organização.

Tivemos em Passo Fundo mais uma grande Romaria de Nossa Senhora Aparecida. Mesmo que seja difícil estimar quantas pessoas participaram, com certeza foram milhares, algo em torno de 200 mil pessoas, que deram uma demonstração de fé, esperança e devoção. Gente vinda de toda a parte do Brasil, pois a nossa Romaria está entre as principais do país. Mas, além da crença, tem um fator essencial para que tanta gente assim participe que é a organização e neste sentido a Igreja católica é exemplo, desde a divulgação, até a estrutura montada ao longo de todo o percurso e no Santuário. Um trabalho que envolve centenas de pessoas, aberto a todas as Igrejas, democrático, onde os interesses individuais não se criam. Outros eventos em Passo Fundo, que também através da Fé, buscam atrair participantes, deveriam se inspirar na Romaria.

Leia Também Curiosidades sobre o Fusca Como fica o Congresso após a aprovação da Reforma da Previdência? Com sapato ou sem sapato O bom samaritano