Terreno para o CRECI: revés na retomada do imóvel

Compartilhe

A Justiça Federal concedeu liminar ao Conselho Regional de Corretores de Imóveis, suspendendo os efeitos da lei municipal que retomava o imóvel cedido pela prefeitura de Passo Fundo à entidade.

O terreno, localizado no alto do Bairro Petrópolis, entre o quartel dos Bombeiros e o CAIS, na Avenida Brasil, foi cedido no governo Airton Dipp, com o apoio da Câmara de Vereadores. Passados cinco anos, como os corretores de imóveis não construíram sua sede, conforme o objetivo da cedência, o vereador Patric Cavalcanti (DEM) apresentou um projeto pedindo a retomada do terreno, que tem alto valor venal, para a prefeitura. O projeto foi aprovado e sancionado pelo prefeito Luciano Azevedo. A decisão da Justiça Federal, no entanto, torna a lei municipal de retomada do imóvel sem efeito, mesmo que em caráter liminar.

Cavalcanti, disse que a administração municipal deverá recorrer da decisão para que o terreno possa ser melhor utilizado em benefício da comunidade.

No local, até poucos dias atrás havia uma placa do CRECI anunciando futuras instalações. O anúncio foi substituído pela prefeitura por um painel com slogan da administração atual.  

Leia Também RS tem quarta morte pela gripe no ano Deputado Alceu Moreira dá parecer favorável ao porte de arma para advogados Sicredi entrega prêmio de seguro vida no valor de R$ 50 mil STJ garante direito de visita a animais de estimação após separação