Parlamento Jovem Brasileiro

Postado por: Josué Longo

Compartilhe

Olá amigos! No mês de setembro aconteceu a 14º edição do Programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB). Em Brasília, 78 estudantes de todo o Brasil tiveram a oportunidade de participar, por uma semana, de atividades na Câmara dos Deputados, como se fossem jovens deputados federais.

O Programa Parlamento Jovem Brasileiro começou em 2004 e já beneficiou 924 alunos. Para participar do programa, os alunos, de escolas públicas ou particulares, se inscrevem nas próprias instituições e elaboram um projeto de lei que tenha como finalidade oferecer alguma solução para os problemas que afligem nosso país. Os projetos são encaminhados à Secretaria Estadual de Educação e, no caso do Rio Grande do Sul, 20 deles são enviados à Câmara dos Deputados, que escolhe 5 para representar nosso estado. 

Nessa edição foram escolhidos um aluno de Porto Alegre, uma aluna de São Borja e três estudantes da Escola Estadual de Ensino Médio Anchieta, do município de Marau: Augusto Waskevicz, Lucas Bernardi e Maikiele Bugs. Esses alunos tiveram o apoio da Diretora e Professora Vera Damaren Borges e da coordenadora do projeto, a Professora Marinilva Dalmoro, que acompanhou de perto a preparação dos educandos.

Tive a oportunidade de me reunir com eles e escutar os relatos da experiência vivida. Os estudantes, entusiasmados, definiram a oportunidade como a “melhor semana” da vida deles e relataram terem voltado com uma visão diferente de Brasília, daquela mostrada pela mídia. Para a coordenadora Marinilva, o Parlamento Jovem Brasileiro é um dos programas melhor elaborados dentro da área de educação, pois “faz o aluno pensar, refletir sobre as reais necessidades do povo brasileiro”.

Enquanto Prefeito de Marau tive a oportunidade de construir um projeto que foi muito gratificante para mim: o 1° Intercâmbio para alunos da Rede Municipal. O projeto oportunizou aos melhores alunos do 9°ano, selecionados de acordo com as notas e comportamento, permanecerem por quase 20 dias na cidade Irmã Isola Vicentina, na Itália, onde tiveram aulas com alunos italianos da mesma idade, conheceram museus e teatros, enfim, ampliaram seus horizontes a partir dessa nova vivência.

Além do Parlamento Jovem Brasileiro, existe também o Parlamento Juvenil Mercosul, o Programa Jovens Embaixadores e Jovem Senador, que são fundamentais para desenvolver o espírito democrático e cidadão, fazendo com que os jovens de hoje gostem da política e queiram participar desse processo. A omissão dos bons faz com que sejamos governados por maus políticos, portanto incentivar a participação da juventude na boa política é importante para construirmos uma realidade diferente da que vivemos hoje.

 

Leia Também O egocentrismo de Lula! 3º Domingo do Advento. A alegria cristã As melhores dicas para fidelizar seus pacientes