“Bom dia a todos e a todas”

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Tenho acompanhado muitos discursos e chama a atenção esta saudação, que mistura pronome, com gênero e incentiva o uso errado da gramática. Esta saudação normalmente é feita por simpatizantes da esquerda, muitos em nome da defesa do movimento feminista, o qual eu também sou favorável, porém quando se cumprimenta todos, são todos, homens e mulheres, não se trata de gênero, senão hoje em dia, com a diversidade sexual, vamos ter que discursar, cumprimentando todos, todas e também quem não é todo e nem toda, já imaginou que confusão?

 

CPI dos benefícios fiscais

O deputado Luiz Augusto Lara propôs a abertura de uma CPI, na Assembleia Legislativa para abrir a “caixa preta” das concessões de incentivos fiscais pelo Estado. É uma vergonha saber que isto é mantido em sigilo ao longo da história do Rio Grande do Sul. Quanto rolo não deve ter acontecido em todos esses anos, tudo por debaixo dos panos. Muito dinheiro público deve ter se perdido no meio do caminho e encontrado o bolso de alguém. Esta CPI é ainda mais necessária neste momento de crise, pois o Estado somente neste ano concedeu R$ 9 bilhões em benefícios, grana que deixou de entrar e que poderia ser aplicada na saúde, educação e segurança, que estão um caos. Nem mesmo o Tribunal de Contas tem esta informação, pois os governos tem em mão uma lei que ampara esse sigilo, verdadeiro absurdo. É importante conceder benefícios para atrair empresas, que movimentam a economia e geram empregos, mais é muito mais importante saber quem está sendo beneficiado e se realmente está cumprindo com a sua contrapartida. Parabéns ao deputado que está levantando este debate e que merece o apoio de todos os gaúchos nesta investigação.

 

Cuidado com o final de ano

 No final de ano as pessoas, muitas sem perceber aceleram tudo, querem resolver de uma hora para outra, o que não conseguiram o ano inteiro e isso muda comportamentos, o que reflete no trabalho, em casa, no trânsito, enfim essa histórica “loucura” de final de ano afeta a vida de muita gente. Essa notícia de um homem, aqui em Passo Fundo, que foi socorrer vítimas de um acidente e foi morto atropelado, está neste contexto. É muita pressa, distração, pobre homem foi fazer o bem e recebeu a morte, com certeza se quem atropelou estivesse atendo, não vou nem falar na questão de velocidade, mas mesmo que estivesse acima do limite, se estivesse concentrado, poderia ter sido evitado esta tragédia. Fica um alerta, vamos ter cuidado com o final de ano, pois coisas inesperadas e na maioria das vezes tristes acontecem neste período.

 

Dizem por aí... Que se a CPI dos Incentivos Fiscais sair, a população vai descobrir um dos principais motivos, que levaram o Estado à falência. Será verdade?

Leia Também A periferia como lugar de atenção da Igreja Católica de Passo Fundo Orgulho Gaúcho O que é um Seminário? Municípios receberão R$ 44 milhões para salas de vacinação