FRENTE A FRENTE: Ari conversa com o Dr. Paulo Sérgio Crusius

Compartilhe

Durante esta semana, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) promove a prevenção do AVC.

Ari Machado conversou durante o programa de ontem, terça-feira (24), com o neurologista Dr. Paulo Sérgio Crusius que esclareceu dúvidas sobre o AVC, como o fato de não possuir sazonalidade, ocorrendo diuturnamente, além de aspectos que predispõem este acidente, como o fumo, obesidade, diabetes e a falta de exercícios físicos. Estas atividades podem ou não serem somadas ao nível de estresse da pessoa.

O acidente vascular cerebral ocorre devido a uma doença no sistema arterial do cérebro, desde artérias cervicais e principalmente em artérias carótidas.

São divididos em dois setores, AVC isquêmico, quando falta sangue, ou seja, a artéria entope e deixa de levar sangue para a sua extremidade e o AVC hemorrágico, quando a artéria se rompe e o sangue se espalha.

Uma estimativa aponta que a cada 6 segundos, 1 pessoa  no mundo acaba tendo o diagnóstico do AVC e suas complicações.

Sintomas importantes devem ser levados em consideração. O Dr. recomenda o método ‘’SAMU’’, que consiste em através de cada letra, a manifestação de um gesto. Referente à letra S, quando um paciente sorri e este sorriso está assimétrico, letra A, quando o abraço apresenta fraqueza dos braços, e por final, MU, quando o paciente possui dificuldades em dizer frases e palavras que apresentem musicalidade, como por exemplo, ‘’O céu está azul’’.

Apresentando os sintomas acima, é recomendável procurar ajuda, pois pode ser considerado um AVC em evolução.


Leia Também Hospital da Cidade presente no HEMO 2017 Ações do Cluster em Saúde são debatidas HC no Dia Nacional de Prevenção das Arritmias Cardíacas e Diabetes Bombeiros de Passo Fundo fazem doação de sangue