A importância de valorizar as “pequenas” conquistas

Postado por: Jéssica Limberger

Compartilhe

Quantas vezes chegamos ao final do dia com o pensamento de que não fizemos algo produtivo? Vemos nossas tarefas aumentando cada vez mais, ao mesmo tempo que ficamos insatisfeitos e desanimados com o nosso desempenho. Situações como essas nos fazem refletir se de fato temos conquistas para nos orgulharmos ou se estamos sendo críticos demais com as nossas atitudes.

Tem vezes em que fica difícil reconhecer as nossas conquistas. Nesses dias, parece que as outras pessoas estão levando as suas vidas de uma maneira tão mais eficiente que a nossa, como se para as outras pessoas tudo fosse mais fácil. Acontece que quando nos comparamos com as outras pessoas, estamos sendo injustos com a nossa história e ficamos ainda mais desanimados, sem vontade de fazer diferente. Desta forma, parece ser mais justo e prudente nos compararmos com nós mesmos, inclusive nos comparando com os nossos piores momentos. Assim, perceberemos que estamos nos esforçando em direção aos nossos objetivos.

Todo esforço vale a pena ser recompensado. Às vezes a gente imagina que merece se sentir valorizado somente quando fizer algo grandioso na vida. Ao invés de reconhecermos apenas os nossos resultados, podemos começar a reconhecer os nossos esforços. Temos o dever e o direito de reconhecer as nossas capacidades e nossas lutas diárias: apesar do cansaço, seguimos trabalhando; mesmo desmotivados, seguimos com nossas tarefas; apesar dos tantos “nãos” que recebemos, seguimos persistentes.

Quanto mais valorizarmos nossos esforços diários, ao final do dia poderemos perceber o quanto lutamos, batalhamos e evoluímos. Cada vez que reconhecermos o nosso esforço e nos parabenizarmos, avisamos nosso cérebro que coisas boas estão acontecendo nas nossas vidas, e de fato elas estão, basta estarmos mais atentos.

No final das contas, você vai perceber que não existem conquistas “pequenas” ou “grandes”. Todo o esforço que fizermos sempre será valioso. Já dizia o ditado: uma caminhada de mil quilômetros começa com o primeiro passo.

Leia Também William II Elo passado-presente-futuro Sujeito descansado Maneiras de usar o floral nesse verão 2018