Padre João Schiavo é declarado Beato em Caxias do Sul

Compartilhe

O Padre João Schiavo foi declarado Beato em Caxias do Sul, durante evento religioso realizado nos Pavilhões da Festa da Uva, que reuniu 6,5 mil pessoas, conforme os organizadores, neste sábado, dia 28.

A celebração foi presidida pelo representante do Papa, o Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato e inúmeras lideranças eclesiais do Brasil e do exterior, entre elas, o Superior Geral dos Josefinos, Pe. Mario Aldegani e a Superiora Geral das Irmãs Murialdinas de São José, Irmã Orsola Bertolotto.

O evento religioso também teve a presença de autoridades políticas, entre eles, o governador do Rio Grande do Sul José Ivo Sartori, o prefeito de Caxias Sul Daniel Guerra, além de secretários e vereadores do município.

A Beatificação é um momento raro e grandioso para a Igreja, visto que hoje, segundo o Postulador da Causa, Pe. Orides Ballardin, a Congregação das Causas dos Santos tem protocolados mais de quatro mil Causas de Beatificação e Canonização. Segundo ele, o processo que tornou o Pe. Schiavo Beato foi relativamente rápido “pois iniciou em 2001 e exatamente neste ano da Beatificação celebramos os 50 anos de morte do Pe. João Schiavo e os 20 anos da cura que o Vaticano reconheceu como milagre”.

No Rio Grande do Sul, são Beatos: Pe. Manuel Gomes Gonzales e coroinha Adílio Daronch (2007) Bárbara Maix (2010); e Santos: São Roque Gonzales, Santo Afonso Rodrigues e São João de Castilho  (1988). Com a Beatificação do Pe. João Schiavo, o Brasil alcança o número de 52 Beatos e 36 Santos. O Brasil tem ainda 12 Veneráveis, que aguardam apenas a aprovação de um milagre para se tornarem Beatos.


Foto: Ivan Sgarabotto

Fonte: Rádio São Francisco (Caxias do Sul)

Leia Também “Virtudes” é o tema da 8ª edição do calendário da APAE Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo Confira a programação da Paróquia São Francisco de Assis Cáritas Estadual terá assembleia em Passo Fundo