Assassino de comerciante na Cohab está solto

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

As leis do nosso país são decepcionantes. Como pode um autor de latrocínio, condenado a mais de 26 de cadeia, em menos de 8 meses, após a prisão, estar livre podendo inclusive matar mais gente se assim desejar? Um dos assassinos do comerciante, Osmar Drey, da Cohab I, está por aí, sabe-se lá como, mas não fossem as leis falhas e um sistema sem credibilidade, isso não aconteceria. Neste mesmo caso, o menor, que teria sido o autor do disparo covarde contra um homem de bem e trabalhador, foi condenado a dois anos e meio de prisão, ou seja, também nos próximos dias estará solto, como se nada tivesse feito. Uma vergonha total e este é apenas um exemplo, de tantos e tantos casos iguais pelo Brasil a fora.

 

Superlotação vai antecipar liberdade de presos

Com a falência do sistema penitenciário brasileiro, aliado a corrupção que consome o dinheiro público e a incompetência dos nossos governantes, quem vem se dando cada vez melhor são os criminosos. Agora mesmo no Congresso tem uma série de propostas que visam diminuir a superlotação dos presídios, através da antecipação da liberdade de apenados. São propostas muito perigosas e que com certeza irão fragilizar ainda mais a segurança pública, o que as pessoas de bem querem é mais rigor nas penas, entretanto o que acontece é o abrandamento das punições, o que reflete diretamente na sensação de impunidade.

 

Enquanto cai o efetivo da polícia, sobe a criminalidade

Estamos vivendo um fenômeno devasto para a população de bem. As policias principalmente Brigada Militar e Polícia Civil, perderam no mínimo, em 10 anos, 40% do seu efetivo. Vejam bem, hoje temos menos polícia do que na década passada e neste período é impossível precisar quanto cresceu a criminalidade, assim não tem como ter esperança em segurança pública. É não é só isso, os criminosos de hoje em dia estão organizados, treinados, municiados, enquanto que a nossa polícia pena com os parcos recursos destinados para uma área tão importante.

 

Osmar Teixeira marca a história da advocacia em Passo Fundo

De uma forma surpreendente fiquei sabendo das complicações de saúde, descobertas pelo Dr. Osmar Teixeira e poucos meses depois, mas chocado ainda, recebo a notícia da sua morte. Um ícone da advocacia de Passo Fundo. Deixa uma legião de discípulos que foram seus alunos e que aprenderam muito com ele e se espelharam na sua carreira, para alcançar os mesmos objetivos. Tive a oportunidade de entrevistar o Dr. Osmar muitas vezes, homem de grande inteligência e conhecimento, uma lástima deixar esta vida tão cedo.

 

Dizem por aí... Que acreditar na recuperação de criminosos é coisa de lunáticos e que este tipo de gente só resta prisão ou morte. Será verdade? 

Leia Também Mentira desmascarada Linda ou ridícula? Muito obrigado Dom Urbano! O respeito à propriedade alheia