Inaugurada a EMEI Padre Alcides

Compartilhe
Foi inaugurada na tarde desta quarta-feira, 01, a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Padre Alcides, no Bairro Victor Issler, em Passo Fundo. Foi o reconhecimento do trabalho do padre Elydo Alcides Guareschi em defesa da evangelização e da educação.
O educandário fica localizado na  na rua Jorge Dadia, 117. A solenidade contou com a presença de diversas autoridades.
Após as mensagens do prefeito Luciano Azevedo, do presidente da Câmara Patric Cavalcanti e do secretário municipal de Educação Edmilson Brandão, foi dada a bênção pelo arcebispo emérito dom Pedro Ercílio Simon e pelo padre Darcy de Carly, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. 
Em nome da família, fez uso da palavra a sua irmã, senhora Zélia. Segundo ela, padre Elydo Alcides Guareschi certamente está muito feliz, sabendo da lembrança de seu nome em uma área que ele tanto amava: a educação, em uma escola de Passo Fundo.
Para o prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, a entrega da escola é simbólica para a comunidade do Victor Issler. “Hoje é um dia importante e histórico para essa comunidade, que há anos queria uma escola de educação infantil. Também é uma alegria termos esta escola que leva o nome do Padre Alcides, um grande passo-fundense que contribuiu muito pela educação em nossa cidade”, destacou Luciano. 

O prédio conta com cinco salas de aula para turmas de 3 a 6 anos, dois espaços diferenciados para salas multifuncionais: brinquedoteca, vídeo, biblioteca, sala de jogos ou ateliê. Ainda, refeitório, cozinha, todas as salas com dois banheiros e armários embutidos, pátio, sala dos professores e recepção. A capacidade de atendimento é de cerca de 200 crianças.

Elydo Alcides Guareschi nasceu em 26 de fevereiro de 1931, em Colorado (RS), filho de Guerino Guareschi e Oliva Pasinatto Guareschi. Iniciou os estudos primários em Linha Coati. Os ensinos fundamental e médio foram concluídos no Seminário Menor em Santa Maria (RS). No Seminário Central de Nossa Senhora da Conceição, em São Leopoldo, cursou Filosofia e Teologia.

Formado também em Direito, em 1957 trabalhou como professor da Faculdade de Filosofia da UPF. No ano seguinte tornou-se professor da Escola Normal Osvaldo Cruz e do Ginásio Osvaldo Cruz. Em 1961, foi diretor da Faculdade de Filosofia e em 1966, nomeado cônego do Cabido Diocesano e Juiz do Tribunal Eclesiástico Regional. No ano de 1969, foi eleito vice-reitor da UPF e em 1982, reitor, tendo sido reeleito em 1985 e em 1990, permanecendo no cargo até 1998. No ano seguinte participou do Colégio de Consultores e tornou-se coordenador do Tribunal Eclesiástico.

Foi secretário da Educação de Passo Fundo no período de 2005 a 2008 e presidiu a Organização do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano. Recebeu os títulos de Educador Emérito, outorgado pelo Governo do Estado do RS e Cidadão Passo-Fundense, além de Doutor Honoris Causa pela UPF.   Posteriormente, atuou como diretor da Fundação Cultural Planalto de Passo Fundo (Rádios Planalto AM e FM e Revista Somando). 


Fotos: Luiz Carlos Carvalho (Rádio Planalto)

Leia Também Confira o gabarito do Vestibular da UPF Vestibular de Verão UPF registra abstenção de 6,21% Presidente Nacional da OAB recebe medalha da Universidade de Passo Fundo “Oliver - O espetáculo continua”