Instalada Frente Parlamentar pela Duplicação da BR-285

Compartilhe
Com proposição e coordenação do deputado estadual Gilberto Capoani (PMDB), foi instalada nesta quarta-feira (8) na Assembleia Legislativa gaúcha uma Frente Parlamentar pela Duplicação da BR-285 em Passo Fundo. O trabalho incluirá mobilização pelo desenvolvimento do projeto e pela liberação de recursos para execução da obra, que compreende o trecho da rodovia entre o acesso à RS 135, na saída para Erechim, e o acesso à RS 324, na saída para Pontão.

Para o parlamentar proponente, Gilberto Capoani (PMDB), a duplicação do perímetro é fundamental para melhorar as condições de trafegabilidade e a segurança de quem diariamente transita pela rodovia. Além da saída para municípios vizinhos, também fazem parte do trecho o acesso à principal avenida da cidade (Avenida Brasil), à Universidade de Passo Fundo (UPF) e a empresas locais como a BS BIOS, além de bairros e comunidades construídos em torno da estrada.

Ao lado do presidente da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, Patric Cavalcanti (DEM), que também coordena uma Frente Parlamentar sobre o tema no legislativo local, Capoani já conquistou junto ao DNIT a conclusão do Plano de Referência, que norteará o do projeto da obra. “A próxima etapa do trabalho consiste em, a partir deste estudo desenvolvido pelo DNIT, viabilizar em Brasília o desenvolvimento do projeto da duplicação. Em seguida, uniremos forças para viabilizar recursos”, conclui Capoani.
 
Além do presidente da Câmara de Vereadores de Passo Fundo, também participou do ato de instalação da Frente Parlamentar o representante da Mesa Diretora do Legislativo, deputado Adilson Troca (PSDB), o vice-prefeito de Passo Fundo, João Pedro Souza Nunes (PMDB), o superintendente do DNIT no Rio Grande do Sul, Hiratan Pinheiro da Silva, juntamente com vereadores, líderes comunitários, empresários e imprensa de Passo Fundo. 

Foto: Cristian Queiroz (Rádio Planalto)

Leia Também Moro anuncia Maurício Valeixo como diretor-geral da Polícia Federal Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro Para venezuelano, perda de valores e imoralidade são os grandes motivos da crise Ministro propõe que médicos oriundos do Fies substituam cubanos