O caos nas emergências dos hospitais

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

Governo sem moral para aprovar reforma

A questão da corrupção prejudica o Brasil, muito além da falta que faz os recursos públicos desviados. O presidente Temer, que conseguiu escapar de ser cassado também, graças a ter comprado muitos deputados, inclusive com o dinheiro do povo, está sem moral para aprovar as reformas que pretendia sobre tudo a da previdência. Claro que as negociações continuam, mas para conseguir o que quer Temer terá novamente que se submeter a chantagens de uma classe política podre que da as cartas no Congresso. Enquanto os que representam este Brasil só pensam no seu bolso, a população sofre cada vez mais com a ausência do Estado nas áreas essenciais, como saúde e segurança. Cadeia para esta turma toda seria o justo, mas coo isso dificilmente irá acontecer, a esperança é que os eleitores tenham o mínimo de lucidez e responsabilidade nas próximas eleições.

 

O caos nas emergências dos hospitais

É triste a situação da população carente, quando precisa recorrer à emergência de algum hospital. Os três aqui de Passo Fundo apresentam os mesmos problemas, superlotação e a consequente demora angustiante pelo atendimento. Agora tem algo ainda pior acontecendo, em todos os hospitais tem pessoas ruins, que não dão bola para o sofrimento dos outros e ainda por cima tratam mal os pacientes. As dificuldades dos hospitais são compreensíveis, é quase utopia atender a demanda com agilidade, mas educação e respeito com o próximo não custa nada e dos hospitais este tipo de situação também acontece nos postos de saúde pela cidade. Está aí um trabalho que os direitos humanos poderiam fazer, de cobrar das entidades e dos órgãos públicos competentes uma dignidade no atendimento de quem está doente e também dos seus familiares.

 

Júlio Rosa será homenageado

Quero aqui agradecer a lembrança dos organizadores de um campeonato de pesca, que acontece no final deste mês, no Pesque e Pague Nossa Senhora Aparecida, que denominaram o evento com o nome do meu pai, Júlio Rosa. Não pela homenagem, mas tenho certeza que será um grande evento. A pesca é uma terapia e uma atividade saudável, que merece ser incentivada. A premiação para o primeiro lugar também é atrativo, uma moto CG 150. Mia informações pelo fone 981614163.

 

Dizem por aí... Que as pessoas que tratam mal doentes em hospitais, também terão a sua vez, quando precisarem de ajuda e daí se arrependerão. Será verdade?

Leia Também Linda ou ridícula? Muito obrigado Dom Urbano! O respeito à propriedade alheia CNBB: qual a nossa missão?