Estratégias para lidar com o cansaço no final do ano

Postado por: Jéssica Limberger

Compartilhe

Em meados de novembro e dezembro, muitos de nós nos sentimos cansados, desmotivados e exaustos. Às vezes, temos a impressão de que as tarefas se acumularam e que precisamos fazer muito em pouco tempo. Não podemos mudar a situação da forma como ela se apresenta, o que podemos fazer é identificar estratégias que contribuam para melhorar o momento presente. A seguir, algumas reflexões que podem ser úteis nessa etapa do ano.

1. Saiba priorizar. Diante de tantas tarefas no dia a dia, às vezes, temos a ilusão de que vamos conseguir realizar tudo da melhor maneira possível. Nem sempre isso é possível, pois a vida é repleta de imprevistos e surpresas. Dessa forma, questione-se sobre quais tarefas são as suas prioridades. Escolha quais atividades podem ser feitas hoje e quais atividades podem ser deixadas para amanhã.

2. Planeje o seu tempo. Quantas vezes demoramos mais tempo para executar alguma tarefa e depois nos sentimos sobrecarregados? Comece a planejar o seu tempo a partir de metas reais, do que realmente é possível ser feito. Você pode fazer uma lista com as atividades que tem a cumprir no dia, pode organizar as suas atividades de acordo com os dias da semana, como preferir. O importante é identificar as tarefas que já fez e fazer um novo planejamento quando necessário.

3. O ano ainda não acabou. Não precisamos seguir novembro e dezembro querendo que o ano acabe logo para que assim possamos descansar e desfrutar de momentos de lazer. Dedique algum tempo para que você possa descansar, fazer alguma atividade que contribua para o seu bem estar e para a sua felicidade.

4. Cuide-se. O que torna o teu dia mais feliz? Quais atividades que você pode fazer hoje mesmo que vão tornar o teu dia mais agradável? Não precisamos valorizar apenas as emoções e situações mais intensas. Podemos ficar atentos aos momentos de felicidade que acontecem todos os dias, tendo a clareza de que eles são passageiros. Dessa forma, vamos perceber que não precisamos apenas do Natal ou do Ano Novo para sermos mais felizes. 

Leia Também William II Elo passado-presente-futuro Sujeito descansado Maneiras de usar o floral nesse verão 2018