Quem irá participar da licitação do transporte coletivo?

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

“Então é Natal”

O clima de Natal toma conta das cidades. É o final deum ano de muitas dificuldades, mas que se despede com sinais de que as coisas irão melhorar no nosso Brasil. Talvez este ano, pensando como nação, tenha sido um dos piores da nossa história, mas o momento é de olhar para frente, de virar esta pagina e começar outra vez. Não podemos nos iludir com esta época do ano, entretanto temos sim que nos deixar contagiar pelo clima de paz, união, solidariedade, esperança e viver o Natal no seu sentido verdadeiro. Passo Fundo oferece esta condição, com muitas atrações e eventos sendo promovidos em todas as regiões da cidade. Pais levem seus filhos, para que aprendam desde cedo que este período é especial. Vamos resgatar os bons exemplos e plantar na mente e no coração que Natal é importante, as nossas crianças merecem este aprendizado.

 

Olha o golpe!

Este período do ano requer cuidados especiais. As pessoas precisam estar atentas. Tradicionalmente muitos malandros aproveitam para aplicar golpes e faturar um extra. Nesta época também crescem os furtos e roubos, em residências e no comércio. Aquela segurança que tínhamos antigamente, não existe mais, hoje a polícia trabalha mais após o crime, então para prevenir e evitar prejuízos, cada um deve fazer a sua segurança, que não precisa ser armada, basta estar atento.

 

Proposta contra o aborto não tem respaldo popular

Confesso que estou surpreso com a reação da maioria das pessoas quanto à proposta que pretende proibir e criminalizar todo e qualquer tipo de aborto no Brasil. Hoje a lei permite em algumas ocasiões especiais, principalmente se a gravidez tiver origem num estupro. Pensei que a discussão polêmica deste tema fosse mais disputada, mas pelo programa Frente e Verso de sábado e pelas manifestações populares, está claro que a maioria das pessoas não quer que a lei seja alterada e que o aborto continue sendo permitido. O estupro é algo condenável, a pior violência que uma mulher pode sofrer um crime hediondo, porém um erro não justifica outro. A vida é concedida por Deus e somente ele pode tirar, esta é a minha posição. Por outro lado, se colocando no lugar das mulheres fica fácil de aceitar as justificativas para esta atitude, principalmente pelo fato de que o aborto, com lei ou sem lei, vai continuar acontecendo, mas estando respaldada na lei, a mulher terá mais segurança em realizar o procedimento.

 

Quem irá participar da licitação do transporte coletivo?

Esta semana pode ser decisiva para o futuro do transporte coletivo em Passo Fundo. Hoje temos três empresas prestando o serviço, Coleurb, Transpasso e Codepas. A última, por ser a empresa pública, irá continuar. Com relação às outras duas, é uma incógnita. A Transpasso dificilmente irá se habilitar, diante das exigências do edital e a Coleurb trabalha em silêncio. A grande curiosidade é saber se irá surgir algo novo no processo, uma empresa de fora ou algum empresário de outro ramo, que queira expandir os seus negócios. As proposta serão conhecidas no próximo dia 25.

 

Dizem por aí... Que somente a Coleurb irá participar da licitação do transporte coletivo de Passo Fundo. Será verdade? 

Leia Também Matam a educação pública, aos poucos! A periferia como lugar de atenção da Igreja Católica de Passo Fundo Orgulho Gaúcho O que é um Seminário?