1º Domingo do Advento.

Postado por: Maria Vani Gehlen Ramos

Compartilhe
Salmo 79(80),4 - Restaurai-nos, ó Senhor, mostrai-nos serena a vossa face e seremos salvos.
No domingo passado celebramos a solenidade de Cristo, Rei do Universo (30/11) e o encerramento do ano litúrgico. Iniciamos, portanto, um novo ano litúrgico neste domingo,ano B com o evangelista Marcos e o Primeiro Domingo do Advento que nos remete para um tempo de esperança, de alegria e de ternura em preparação do Santo Natal. Serão quatro domingos, onde, estará nas celebrações eucarísticas, visível, a Coroa do Advento, o primeiro sinal do Natal. Em cada domingo se ascenderão a vela, ou velas anteriores, mais a do domingo celebrativo. 
O Evangelho de Jesus Cristo, segundo evangelista Marcos 13, 33-37, nos exorta à vigilância. Ninguém sabe o dia, nem a hora em que o Senhor virá, e por isso precisamos estar sempre vigilantes e atentos. Dois momentos nos aguardam na nossa vida: o juízo particular e o juízo final. Quando o Senhor diz que virá num momento inesperado, não é para nos atemorizar mas nos alertar e nos conduzir à felicidade eterna. Somos fracos e nem sempre estamos alertas, e, assim sendo, o Senhor sempre está conosco para que não estejamos sozinhos e desamparados. Todos os dias, sem esmorecer crer na misericórdia de Deus, que é Pai, tendo a certeza de Sua presença, principalmente nos momentos mais difíceis de nossa vida.
Penso que devemos nos alegrar especialmente, neste tempo do Advento, porque virá o Senhor, o Deus Menino, o Salvador. 
Preparar nosso coração, nossa casa e nossa família para o Santo Natal. 

Leia Também 3º Domingo do Tempo Comum. Que seja feita justiça no caso “Lula” “A verdade vos libertará” (João 8, 32) Absolver é dar um viva à imoralidade