Semana para conhecer o campeonato que espera pelo E. C. Passo Fundo

Postado por: Luiz Carlos Carvalho

Compartilhe

Olá, amigos internautas!

Na próxima sexta-feira, dia 08, iremos conhecer as chaves, a fórmula de disputa da Divisão de Acesso do futebol do Rio Grande do Sul para 2018. Assim, saberemos o que irá esperar pelo Esporte Clube Passo Fundo.

O congresso técnico da Federação Gaúcha de Futebol, com os representantes de clubes na próxima semana, deveria ocorrer na próxima semana, mas ocorre a antecipação em função da viagem do presidente Francisco Noveletto para acompanhar o Grêmio no Campeonato Mundial. Nada mais justo que a entidade esteja ao lado de seu representante, como ocorreu também em 2006, ficando ao lado do Internacional.

O que se discute nos bastidores é o período de realização da competição estadual. Por se tratar 2018 de ano de Copa do Mundo, o calendário poderá ser ajustado e a disputa ter tempo menor de duração. Em se tratando de uma hipótese não descartada de a Divisão de Acesso ter início no mês de fevereiro, terá que se correr contra o tempo para a montagem dos elencos.

O Passo Fundo, nesse quesito sobre a organização do time, já está saindo muito bem, pois definiu a comissão técnica e anunciou diversas contratações. Poderá complementar o grupo com os bons valores extraídos do torneio de revelação de talentos, cujas finais irão ocorrer no próximo final de semana.

O que gera preocupação nos clubes em geral é a estrutura dos estádios.  Aqueles que não os tiverem em condições precisarão atuar em cidades da região, o que implicará em custos e prejuízo em termos de distância de suas torcidas.

Sobretudo, o que se pode esperar é uma Divisão de Acesso bastante disputada. Historicamente é uma competição de equivalência, com equipes muito parecidas. Uma que outra se destaca em relação às demais. O importante é seguir avançando de fase, com elenco competitivo, a fim de na reta decisiva contratar os reforços necessários para as posições essenciais. Foi assim que o Passo Fundo subiu e foi campeão por exemplo em 1986, no primeiro ano de existência. Os atacantes foram buscados se integrando à base liderada por Claudio Freitas e as vitórias foram se somando até que se chegasse à consagração.

Até a próxima!
Sejam felizes, vocês merecem!

Leia Também “A verdade vos libertará” (João 8, 32) Absolver é dar um viva à imoralidade Corrupção – recursos recuperados serão utilizados para saúde e educação O seu terapeuta é psicólogo?