Hospital Municipal com ações de prevenção ao câncer de pele

Compartilhe

No mês de prevenção ao câncer de pele, o Hospital Municipal realiza uma Feira de Saúde. A prevenção de doenças de pele motiva a iniciativa com o aumento das temperaturas que inicia neste mês, consequentemente os efeitos nocivos dos raios solares. A Feira será nesta terça-feira (5), das 13h às 16h.

“É uma ação importante e de prevenção, que precisa ser discutida. Quem buscar a Feira receberá avaliação do oncologista Rodrigo Webber”, disse o diretor do Hospital, Róger Teixeira Borges. Também será realizada a verificação da pressão arterial, glicemia e IMC, além de orientações gerais de saúde. 

A Feira contará com a participação do DAR – Serviço de Atendimento Especializado, com orientações sobre DST/Aids, Programa Farmácia Mais Perto, Balcão do Consumidor e distribuição de mudas pela Secretaria de Meio Ambiente. A iniciativa conta com parceria da Universidade de Passo Fundo, Senac, Onco Dor e secretarias de Saúde e Meio Ambiente da Prefeitura de Passo Fundo. 


Dezembro Laranja 

Em 2017 o tema da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele é “Se exponha mas não se queime”. A ação ganha destaque com o movimento Dezembro Laranja, que informa a população sobre as formas de prevenção com a adoção de uma série de medidas fotoprotetoras, e a procurar um médico especializado para diagnóstico e tratamento. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), todos os anos surgem 176 mil casos de câncer da pele, o de maior incidência no país.

A recomendação é de que usem equipamentos de proteção individual (EPI): chapéus de abas largas, óculos escuros, roupas de cubram boa parte do corpo e protetores solares com fator mínimo de proteção solar (FPS) 30. A hidratação constante também faz parte dessas medidas fotoprotetoras, sem esquecer de evitar os horários de maior insolação: das 10h às 16h.

(Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia)


Leia Também Saúde em Debate: Mercado de trabalho para Técnico em Enfermagem RS: População deve ficar atenta aos focos do Aedes aegypti Mais de 900 mil pessoas esperam por cirurgia não urgente no SUS Dia de orientação e prevenção à AIDS