Na solenidade da Imaculada Conceição, Papa reza o Angelus com os fiéis

Compartilhe

Na Solenidade da Imaculada Conceição, celebrada nesta sexta-feira, 8, o Papa Francisco rezou o Angelus com os fiéis reunidos na Praça São Pedro. O Santo Padre destacou a característica “cheia de graça” de Maria, convidando os fiéis a olhar para ela e pedir auxílio para viver uma vida bela dizendo sim a Deus.

“Hoje contemplamos a beleza de Maria Imaculada”. Assim o Papa iniciou a reflexão, lembrando que no episódio bíblico que narra a Anunciação, o anjo se referiu a Maria como “cheia de graça”, o que significa dizer que Maria é cheia da presença de Deus, nela não há lugar para o pecado. “Ela é o único ‘oásis sempre verde’ da humanidade, a única incontaminada, criada imaculada para acolher plenamente, com o seu ‘sim’, Deus que vem ao mundo e iniciar assim uma história nova”, disse o Papa.

O Santo Padre explicou que toda vez que se reconhece Maria como cheia de graça se faz a ela o maior elogio, o mesmo que o fez Deus. “Um belo elogio a fazer a uma senhora é dizer-lhe que aparenta uma jovem idade. Quando dizemos a Maria cheia de graça, em certo sentido lhe dizemos também isso, no nível mais alto”.

Francisco ressaltou que se reconhece Maria sempre jovem, porque nunca é envelhecida pelo pecado. Ele explicou que a única coisa que realmente faz envelhecer não é a idade, mas o pecado. “O pecado torna velhos, porque atrofia o coração. Fecha-o, torna-o inerte, o faz murchar. Mas a cheia de graça é vazia de pecado. Então é sempre jovem”.

E assim como a juventude de Maria não está na idade, assim também a sua beleza não consiste na aparência, pontuou Francisco. Maria era de família simples, vivia humildemente em Nazaré, não era famosa, tinha preocupações e temores. Todavia, viveu uma vida bela; seu segredo era a Palavra de Deus.

“Permanecendo com Deus, dialogando com Ele em toda circunstância, Maria tornou bela a sua vida. Não a aparência, não aquilo que passa, mas o coração voltado para Deus faz bela a vida. Olhemos hoje com alegria à cheia de graça. Peçamos a ela que nos ajude a permanecer jovens, dizendo ‘não’ ao pecado e a viver uma vida bela, dizendo ‘sim’ a Deus”, finalizou.

Ainda hoje, por ocasião da Solenidade, o Papa vai à Praça Espanha, no centro de Roma, para renovar o tradicional ato de homenagem e oração aos pés do monumento da Imaculada. “Peço que vocês se unam espiritualmente a mim neste gesto, que expressa a devoção filial à nossa Mãe celeste”, disse o Papa após a oração mariana. 

 Fonte: Canção Nova

Leia Também Angelus: papa destaca importância dos novos santos Muita emoção na Romaria de Nossa Senhora Aparecida Confira a programação da Romaria de Nossa Senhora Aparecida Romaria das Crianças: a fé desde a infância em Nossa Senhora Aparecida