Como identificar se o azeite de oliva é falso?

Postado por: Jureci Machado

Compartilhe

O azeite de oliva é considerado um dos alimentos mais saudáveis do mundo. 

É um componente essencial da dieta mediterrânea e essa característica é pela sua ação antioxidante que reduz envelhecimento precoce e melhora a circulação sanguínea.
Infelizmente, estão falsificando nosso azeite e isso está fora de controle, e não podemos confiar nem nas marcas mais famosas. 

Somente nos Estados Unidos, análises indicam que cerca de 70% das marcas estejam adulteradas e o que desqualifica muitas vezes um óleo até para a produção de sabão.

Um golpe comum dos falsificadores é adicionar outro óleo de baixa qualidade (e mais barato), como o óleo de canola, o que acaba não interferindo no sabor, pois muitas vezes são incluídos aditivos artificiais e a cor "aperfeiçoada" com corantes artificiais.
Para descobrir se o azeite de oliva que você comprou é falso, faça o seguinte teste caseiro: coloque a quantidade de meio copo de azeite de oliva em uma jarra de vidro e, em seguida, leve para o freezer. Se o azeite NÃO foi adulterado, deve congelar parcialmente ou totalmente em sete dias.

Se após este período ainda não houver sinais de congelamento no azeite de oliva, é muito provável que ele seja falso.

Caso demonstre adulteração, vá até a vigilância sanitária do seu município e leve a amostra do produto ou  faça uma denúncia no site da Anvisa.



Leia Também Reconhecer o erro, pedir perdão, sinal de grandeza! O Mecanismo! Pace Sistema elétrico do Fusca