Sucesso na Noite de Luz com Jesus do CLJ

Compartilhe

"Cessem as palavras, falem as obras". A frase, dita por Santo Antônio, foi a motivação para que cerca de 800 jovens do Curso de Liderança Juvenil (CLJ) da Arquidiocese de Passo Fundo se reunissem, no último sábado, 09, para celebrar e agradecer o ano que passou e, também, firmar um compromisso para o ano que se inicia através da Noite de Luz com Jesus - evento que é tradicional no movimento e que reúne os jovens de todas as paróquias onde o CLJ está inserido em atividades de espiritualidade, reflexão e integração. Neste ano, as atividades aconteceram na Catedral Metropolitana e no ginásio da paróquia Santo Antônio, em Passo Fundo. 

Ação
Depois de um ano de trabalho com retiros de PSP, CLJ II e cinco CLJ Momento, além dos serenatões, encontros de liturgia e as atividades paroquiais o CLJ chega ao final de 2017 com a certeza do fortalecimento do movimento. Neste cenário, a proposta da Noite de Luz é, justamente, fortalecer o CLJ, enquanto grupo e, também, como parte da Igreja. Além da missa festiva, celebrada pelos padres Mateus Danieli - diretor espiritual do movimento - e Éberson Fontana - do Serviço de Animação Vocacional - e orientada pelo anúncio de João Batista, os jovens participaram de atividades de espiritualidade e reflexão e, ainda, de momentos de retrospectiva e de integração. Também, como forma de colocar em prática o tema proposto, os jovens foram desafiados a contribuírem com a doação de alimentos não perecíveis serão encaminhados para doação pelo Secretariado Diocesano. Ao todo, foram arrecadados 544 kg que serão divididos entre o grupo de jovens da capela Nossa Senhora da Salete, no Bairro Cruzeiro, e o Projeto do papeleiro "Chicão", falecido no início desse ano. 

Veja mais fotos da Noite de Luz aqui

Luz
Por fim, depois de uma retrospectiva de todas as atividades realizadas durante o ano, a Noite de Luz proporcionou aos jovens um forte momento de espiritualidade, com a presença do padre Éberson Fontana, através da Bênção do Santíssimo Sacramento que, neste ano, usou a tecnologia como aliada: todos os anos, os jovens carregam velas nas mãos, simbolizando a luz de Cristo e o desejo de ser luz para o mundo; desta vez, essa luz não foi uma vela, mas a lanterna do celular. A proposta é motivar o jovem para a evangelização através dos instrumentos que tem em seu dia-a-dia. 

Mudanças
O CLJ, neste ano, está passando por mudanças. As equipes de coordenação – em níveis arquidiocesano e paroquial - estão renovadas. Dentro da programação da Noite de Luz, foram anunciados os novos Pequenos Secretariados Paroquiais e Secretariado Arquidiocesano do movimento que atua, hoje, em 25 paróquias de Passo Fundo e região. Cerca de 150 jovens ocuparão as funções de presidente, vice-presidente, secretário, liturgia, tesoureiro e folclore. Além disso, 21 jovens, tios e padre, farão parte do Secretariado Arquidiocesano.

Proximidade
Entre eles, está Matheus Ferreira, que será presidente do Secretariado Arquidiocesano no ano de 2018. Para ele, o próximo ano será a continuidade do trabalho já realizado em 2017, atuando cada vez mais próximo das paróquias em que há o CLJ. “Desafios são instigantes e para o próximo ano percebo que eles serão importantes para motivar o nosso trabalho na formação dos jovens. E essa formação  não deve ser apenas superficial, ela deve ser madura e consciente. Para que ela seja realizada se faz necessário cativar mais e mais jovens ao movimento e mantê-los firmes no caminho de Jesus”, comenta o jovem. 

2018
Para 2018, o CLJ segue com a programação de cinco CLJ Momentos e, também, com os retiros de formação. Além disso, cada paróquia tem um cronograma específico e, neste sentido, diferentes atividades de formação, integração e espiritualidade serão realizadas. 

Sammara Garbelotto 
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

Leia Também Festa de São Cristóvão ocorre domingo em Passo Fundo Neste sábado o Bazar Solidário da Paróquia Santo Antônio Itepa: inicia a segunda etapa da Pós-Graduação em Espiritualidade Reflexão do padre Paulo Augusto Farina sobre o Evangelho de domingo - 15/07/2018