Lei institui inventário arbóreo em Passo Fundo

Compartilhe

Foi aprovado na Câmara de Vereadores projeto de lei de autoria do Vereador Saul Spinelli (PSB) que institui o inventário arbóreo em Passo Fundo,  denominado Lei Paulo Fragomeni. O projeto prevê diretrizes de planejamento, manejo e manutenção da arborização de forma sustentável, assim como gestão da floresta urbana com subsídios para o plano de arborização.

O vereador Spinelli destacou que o projeto foi construído com apoio do falecido advogado Osmar Teixeira, Advogado Marcelo Gonçalves, promotor Paulo Cirne, Reni Três, do Conselho de arborização e ainda do de lideranças ambientais que há décadas

defendem tal ação de planejamento a médio e longo prazo.

O município poderá conveniar com Faculdades para executar a lei Paulo Fragomeni e, ainda, contar com recursos tecnológicos para verificar quais partes da cidade precisam de mais investimentos de plantio ou manejo.

O levantamento de dados vai mostrar as características, espécie, altura, diâmetro, presença de pragas ou doenças, necessidade de poda, características do meio, largura da calçada, distâncias do meio fio, interferências do trânsito e rede elétrica, além de um cadastro e localização de cada árvore. O vereador defende que estes dados coletados podem ser registrados em um formulário on-line com informações geográficas para futuras ações.

O resultado será um banco de dados geográfico da arborização urbana, um relatório com avaliação técnica por bairro ou região, verificando quais são as áreas que necessitam de manejo, manutenção ou plantio de novas árvores.

A aplicação da Lei Paulo Fragomeni garantirá um futuro com saúde para nossa cidade e sua população, uma vez que, a floresta urbana é indispensável para qualidade de vida do ser humano.

Paulo Fragomeni - A denominação desta lei se deu em virtude do comprometimento do médico Paulo Fragomeni com ações em defesa do meio ambiente, fazendo inclusive o estudo e tendo catalogado plantas e árvores que até hoje são utilizadas por estudiosos.

Quando eram poucos os movimentos em defesa dos recursos naturais, Paulo Fragomeni já atuava de  forma voluntária a favor do meio ambiente.

 

Leia Também Eduardo Leite fala sobre as perspectivas para o RS em reunião-almoço Coleurb alerta para desvios de linhas devido à procissão de São Cristóvão UBS da Planaltina receberá construção de passeio público Parque Banhado da Vergueiro recebe placas interativas com informações sobre a flora