Peru rejeita impeachment do presidente Kuczynski

Compartilhe

O Congresso do Peru rejeitou nessa quinta-feira (21), o pedido de impeachment apresentado pela oposição contra o presidente Pedro Pablo Kuczynski  alegando "permanente incapacidade moral" pelos seus vínculos com a construtora Odebrecht.

Após sessão que durou mais de 13 horas, o pedido de cassação teve 79 votos a favor. Para ser aprovado, a lei estabelece a necessidade do apoio mínimo de 87 dos 130 legisladores.

A votação ocorreu após um debate no Congresso que durou mais de nove horas. O debate foi precedido pela defesa feita por Kuczynski diante do plenário durante mais de duas horas, acompanhado pelo seu advogado, Alberto Borea.

A rejeição ao pedido de impeachment encerrou uma intensa semana de crise política no Peru, que começou na quinta-feira da semana passada (14), quando a Odebrecht divulgou um documento sobre as consultorias feitas pela empresa de Kuczynski.


__________________

Fonte: Agência Brasil





Leia Também Vereadores discutem mudanças no regimento interno Ibope divulga pesquisa para segundo turno do RS Vereador Paulo Neckle demonstra preocupação com a saúde local TSE reúne hoje equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news