Camboriú: Paraíso dos foragidos de Passo Fundo

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

O que tem de foragido da Justiça de Passo Fundo curtindo a temporada de final de ano em Camboriú/SC, não é brincadeira. Se houvesse uma ação integrada das polícias dos dois Estados, seriam surpreendentes. Muitos criminosos tão acostumados com a impunidade e com as falhas do nosso sistema de segurança pública, ainda ostentam em redes sociais fotos na praia, em festas e ainda mostrando armas, uma vergonha e uma desmoralização, inclusive da Justiça. O pior é que eles têm dinheiro de sobra para ficar de “férias”, claro com o apoio de comparsas de lá e também aproveitam para praticar crimes no outro Estado, para garantir a farra. Por isso, os meses de dezembro, janeiro e fevereiro para quem fica em Passo Fundo, tende a ser mais tranquilo, em compensação quem vai para a praia, especialmente para o paraíso de Camboriú e praias vizinhas, o cuidado deve ser redobrado.

 

Vem aí a grande festa da virada

Por questões pessoais e até espirituais, muita gente não tem o Natal com uma comemoração festiva e sim uma data de reflexão, celebração da vida, de recomeço, de renovar a esperança, inclusive para tantos a data é até de tristeza. Sendo assim a grande festa é na virada do ano, onde muitos, que podem financeiramente, aproveitam para viajar e passar este momento num lugar especial. Desde já, deixo aqui o meu desejo de boa sorte, de muitas felicidades, saúde e paz, para todos que acompanham e interagem com o nosso trabalho. Que possamos em 2018 estarmos juntos novamente, discutindo assuntos de forma respeitosa e democrática, contribuindo de verdade para uma sociedade melhor.

 

Policiais Civis aposentados voltarão ao trabalho

Esta pode ser a grande notícia para o início do novo ano. Assim como acontece com policiais militares, que vão para a reserva e depois retornam a ativa, mesmo que para trabalhos internos, de expediente, o mesmo direito poderá ser estendido aos civis, que assim desejarem. É muito bom, pois hoje nas delegacias tem muito policial fazendo serviço burocrático, enquanto falta muita gente na investigação, nas operações, nas buscas, enfim, os mais novos poderão assim reforçar o trabalho de rua e deixar para os mais experientes a função de lidar com papeis e atender a população. Esta lei deverá entrar em vigor em 2018 e se tornar um reforço importante para a segurança pública, Apesar disto, o Estado precisa ter criatividade para sair da crise, realizar concurso público e contratar mais gente, para todas as áreas, é muita carência e a população esta sentido na pele essa falência dos serviços públicos.

 

Dizem por aí... Que assim como o litoral de Santa Catarina é o paraíso para os criminosos de Passo Fundo, o litoral gaúcho é paraíso para os criminosos catarinenses. Será verdade? 

Leia Também Marta e Maria Curiosidades sobre o Fusca Como fica o Congresso após a aprovação da Reforma da Previdência? Com sapato ou sem sapato