Policiais de Passo Fundo serão convocados para julgamento de Lula

Compartilhe

A partir da próxima segunda-feira, a Brigada Militar passa a convocar policiais militares dos Batalhões de Operações Especiais (BOE) de Santa Maria e de Passo Fundo para trabalharem em Porto Alegre na semana do julgamento da apelação do ex-presidente Lula no Tribunal Regional Federal (TRF4).

Também serão chamados, de forma gradativa, policiais do Comando de Policiamento da Capital (CPC) deslocados para a Operação Golfinho, no Litoral gaúcho. A Brigada Militar garante que o reforço na segurança do Litoral não vai ser prejudicado, mas não detalha quantos homens retornarão a Porto Alegre para o policiamento no dia do julgamento.

O número de policiais convocados ainda não é divulgado, mas centenas de homens farão parte da operação. O temor é que haja confronto entre grupos que defendem a candidatura de Lula em 2018 e membros de movimentos contrários ao ex-presidente.

A convocação dos brigadianos do interior e das praias ficou definida em reunião entre o secretário da Segurança Cezar Schirmer e o subcomandante da Brigada Militar, Mario Ikeda, na manhã desta sexta-feira, como parte do planejamento estabelecido pelo Gabinete de Gestão Integrada instalado para o acompanhamento do julgamento do petista.

Outras pelotões da BM também devem se integrar à operação, como o Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate), que já participou de reuniões com o TRF4 para o planejamento da segurança no entorno da sede da corte. Helicópteros e atiradores de elite também devem ser mobilizados pela corporação.

_______________________________
Fonte: Rádio Guaíba

Leia Também Após trabalho da inteligência, 3º BOE captura foragido na Integração POLICIA CIVIL DEFLAGRA 2ª FASE DA OPERAÇÃO BREAKING BAD EM PASSO FUNDO Foragido do presídio de Carazinho é capturado no beco da Cruzeiro Brigada Militar prende foragido no bairro Independente