PT e Lula caíram na sua própria armadilha!

Postado por: Ronaldo Rosa

Compartilhe

A condenação do ex-presidente Lula, era algo óbvio de se prever, só não aconteceria se a Justiça não fosse realmente feita. A ironia do destino é que o próprio PT e o Lula, que promulgaram a lei da ficha limpa, com o objetivo de moralizar a política no Brasil, parece piada, mas foram eles mesmos. Ou seja, caíram na sua própria armadilha. O interesse agora dos partidos contrários é que o PT recorra e insista com a candidatura de Lula, pois a Justiça sinalizou neste julgamento que ele não terá sua candidatura aceita. Se o PT não buscar outro candidato, vai perder tempo e não conseguirá se mobilizar para as eleições, isso é tudo que os demais partidos querem.  

                                   

Antes de brigar para ser candidato, Lula terá que “espernear” para não ser preso

Todas as esperanças de Lula agora estão no STF, que é muito mais político, do que jurídico, não fosse, à prisão do ex-presidente era liquida e certa. Porém, inelegível ele já está e só quem não acredita são as pessoas que passaram por uma lavagem cerebral e não conseguem enxergar culpa no chefe da quadrilha. Como brasileiro fico feliz com a condenação de todos os corruptos, que roubam dinheiro público e enriquecem a si, seus familiares e aliados, Todos tem que ser condenados e ir para cadeia, independente de partido. Não é justo tanto sofrimento neste Brasil, por conta da corrupção, que tira dinheiro da saúde, da educação e da segurança. Tem mais gente, como o atual presidente Temer, Aécio e tantos outros, que merecem a mesma condenação, mas o resultado do julgamento deste, que até então é maior ladrão/corrupto, da história do Brasil, acende uma esperança de moralização no final do túnel.

 

Dizem por aí... Que depois do resultado unanime do julgamento de ontem Lula está morto politicamente. Será verdade?

 

  

Leia Também Cadê as propostas para a área da Manitowoc? Vamos recomeçar Que seja feita justiça no caso “Lula” Não ter passagem na polícia é apenas um detalhe