UPF sediou encontro com ministro da saúde Ricardo Barros

Compartilhe

A Universidade de Passo Fundo (UPF) recebeu nessa quinta-feira, 8 de fevereiro, o ministro da Saúde Ricardo Barros para um encontro com gestores da saúde e prefeitos. A atividade foi realizada no Salão de Atos da Faculdade de Direito e contou com a presença do reitor da UPF José Carlos Carles de Souza, do prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, além de uma comitiva de parlamentares. 

Antes do encontro, Ricardo Barros visitou as instalações do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) onde participou da inauguração do Acelerador Linear de Média Energia, um aparelho de radioterapia para o Setor de Oncologia, e em seguida realizou uma visita ao Hospital da Cidade, onde conheceu algumas das unidades e visitou as obras do novo prédio da instituição. 

Em sua fala, o reitor da UPF destacou a importância de Passo Fundo como polo em saúde lembrando do trabalho que a Universidade vem desenvolvendo ao longo dos anos na formação de profissionais da área e nas atividades de pesquisa e extensão. “Isto dá a todos nós uma capacidade de poder recepcionar nesta tarde gestores de saúde de toda a região, secretários municipais, prefeitos, exatamente para ouvir do ministro e da comitiva de deputados que acompanham ele quais são os próximos programas públicos na área da saúde, uma área tão carente e necessária e vem justamente aqui em Passo Fundo, que é um polo para prestar a informação, dialogando com os profissionais”, disse.  

Durante o encontro com os prefeitos, secretários e gestores da saúde de Passo Fundo e da região, o ministro apresentou um balanço do trabalho realizado à frente da pasta e aproveitou a oportunidade para conhecer a realidade da área na região da Produção, considerada o terceiro maior polo de saúde do Sul do país.  “Passo Fundo é um centro regional de saúde, atende diversos municípios. Inauguramos o acelerador linear do Hospital São Vicente de Paulo, liberamos um pet - scan de cinco milhões de reais, um raio-x digital de um milhão de reais. Visitamos também o Hospital da Cidade, vamos avaliar a reforma do pronto-atendimento e estamos aqui para ouvir os gestores, prefeitos da região, para saber o que temos que fazer para melhorar a qualidade da saúde do povo gaúcho”, explicou o ministro. 

Além dos resultados dos primeiros anos de gestão, o ministro também apresentou as metas do Ministério para o ano de 2018, entre elas a informatização dos sistemas de saúde, que deve gerar uma economia de 20 bilhões de reais por ano. “Aqui em Passo Fundo visitamos os hospitais, verificando o prontuário eletrônico, as unidades básicas e percebo que temos aqui uma saúde de qualidade, com uma boa gestão dos hospitais e o envolvimento da sociedade para que as entidades filantrópicas tenham capacidade de financiamento, por isso viemos apoiar com mais recursos esse bom atendimento à saúde que já acontece aqui”, ressaltou. 

A visita do ministro a Passo Fundo foi um convite do deputado estadual Sérgio Turra. “Por ser esse centro de referência, era importante o ministro Barros vir aqui para conversar com os gestores públicos e gestores dos nossos hospitais, aproximando Brasília da realidade local. E a UPF está fazendo 50 anos e tem uma estrutura magnífica, então temos que estimular essa nossa região, prestigiando e valorizando porque é muito bom estar aqui”, finalizou o deputado. 
 
Foto: Gelsoli Casagrande

Leia Também Pagamento de IPTU e novos tributos com novo endereço de atendimento Prefeitura: moradores do bairro 20 de Setembro ganharão nova área de lazer Plano Diretor: aberto prazo para contribuições ao Diagnóstico Gasolina a R$ 4 em Passo Fundo