Desmoronamento em construção de silo mata três em Tupanciretã

Compartilhe

Há três semanas operários e operadores de máquinas trabalhavam na escavação para a construção de um silo no interior de Tupanciretã.
Ontem, houve o desmoronamento de terras retiradas de uma vala de cerca de seis metros de profundidade.

Três pessoas morreram.

O primeiro corpo encontrado foi de Luiz Fernando Barden Silva, 27, morador de Não-me-Toque, que estava aproximadamente sete metros abaixo do solo. Ele foi identificado por familiares que acompanhavam as buscas.

Logo que o corpo foi encontrado, os trabalhos com retroescavadeira cessaram e, dessa forma, iniciaram apenas as buscas com a pá, retirando terra manualmente e com cuidado.

Próximo a ele, foi encontrado também Anderson Ricardo Leite, 23 anos. No final da tarde, as buscas encerraram quando fora encontrado o corpo de Ronaldo de Morais Esterys, 29 anos. Os últimos dois, moradores de Carazinho.

Os corpos foram encaminhados ao IML de Ijuí.

Inicia agora o inquérito policial que visa apurar as causas do acidente, notificando também o Ministério do Trabalho sobre a situação.
Fonte: Rádio Cruz Alta.

Leia Também Abertas as inscrições do concurso da Aeronáutica com 227 vagas para curso de formação de sargentos Bebida adulterada mata 93 pessoas na Índia Manifestantes protestam na Venezuela após fechamento de fronteira com a Colômbia Em viagem, empresário descobre que funcionário é o irmão perdido há 31 anos