Desmoronamento em construção de silo mata três em Tupanciretã

Compartilhe

Há três semanas operários e operadores de máquinas trabalhavam na escavação para a construção de um silo no interior de Tupanciretã.
Ontem, houve o desmoronamento de terras retiradas de uma vala de cerca de seis metros de profundidade.

Três pessoas morreram.

O primeiro corpo encontrado foi de Luiz Fernando Barden Silva, 27, morador de Não-me-Toque, que estava aproximadamente sete metros abaixo do solo. Ele foi identificado por familiares que acompanhavam as buscas.

Logo que o corpo foi encontrado, os trabalhos com retroescavadeira cessaram e, dessa forma, iniciaram apenas as buscas com a pá, retirando terra manualmente e com cuidado.

Próximo a ele, foi encontrado também Anderson Ricardo Leite, 23 anos. No final da tarde, as buscas encerraram quando fora encontrado o corpo de Ronaldo de Morais Esterys, 29 anos. Os últimos dois, moradores de Carazinho.

Os corpos foram encaminhados ao IML de Ijuí.

Inicia agora o inquérito policial que visa apurar as causas do acidente, notificando também o Ministério do Trabalho sobre a situação.
Fonte: Rádio Cruz Alta.

Leia Também Manifestação de caminhoneiros segue nesta terça-feira no RS Governo e Petrobras discutem nesta terça preço dos combustíveis Denatran suspende regulamentação de parcelamento de multas com cartão de crédito Sindicalista de Caxias do Sul fala sobre a instalação da empresa na cidade gaúcha