UPF inscreve para Vestibular Complementar

Compartilhe
A Universidade de Passo Fundo (UPF) inscreve para o Processo Seletivo Complementar de Verão 2018 para ingresso em cursos de graduação na modalidade presencial. A inscrição deve ser feita via internet, pelo site http://vestibular.upf.br, para as vagas disponíveis em cursos no Campus Passo Fundo e nos campi Carazinho, Casca, Lagoa Vermelha, Sarandi e Soledade.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de fevereiro, mediante o pagamento, na rede bancária, da taxa de R$ 35,00, com exceção dos cursos de licenciatura, para os quais há gratuidade na inscrição. A seleção dos candidatos se dará por meio de prova única de redação, a ser realizada no campus de funcionamento do curso para o qual o aluno se inscreveu, ou por meio da utilização da nota obtida na redação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). No ato da inscrição, o candidato deverá indicar sua opção quanto à forma de seleção. Caso opte pela redação, o candidato realizará sua prova no dia 20 de fevereiro, às 19h.

Programa Recomeçar Plus
A UPF oferece ingresso diferenciado a pessoas com idade mínima de 40 anos e com ensino médio concluído, disponibilizando um excedente de até 10% das vagas, na sede e nos campi, para todos os cursos com vagas em aberto. Será concedido desconto de 50% nas mensalidades ao candidato aprovado por meio desse programa, desde que não acumule outro benefício financeiro, conforme normativa institucional.

Benefícios financeiros
Como opções que facilitam o ingresso e a permanência no ensino superior, a UPF possibilita o acesso a uma série de benefícios financeiros para seus acadêmicos. Dentre as bolsas, estão o Prouni, o Programa de Bolsa Auxílio 25% e a Bolsa FUPF. Dentre os programas de crédito, estão o Plano de Apoio Estudantil UPF (PAE/UPF) e o Programa Emergencial de Crédito (PEC).

Foto: Divulgação

Leia Também Peru confirma presença no Festival de Folclore Exposição "Meu Tempo, Meu Canto" será atração no Teatro Múcio de Castro Vestibular da Anhanguera acontece em 21 de julho Escolas municipais passam a ter rede de dados por fibra óptica