Temer em Roraima para tratar de Venezuelanos

Compartilhe

Michel Temer interrompeu o feriado de Carnaval nesta segunda (12) para viajar a Boa Vista (Roraima). O presidente irá tratar da situação do estado com a migração de venezuelanos. A prefeitura de Boa Vista estima que cerca de 40 mil venezuelanos se estabeleceram na cidade para fugir da crise econômica e política que o país vizinho atravessa.
O presidente disse  que vai criar uma força-tarefa para lidar com a imigração em massa de venezuelanos. Durante discurso, feito em reunião em Boa Vista, Temer afirmou que será feito um comitê de acompanhamento, com uma coordenação nacional para lidar com a questão.

Temer é alvo de protestos ao chegar em Roraima para tratar de venezuelanos

O presidente Michel Temer chegou nesta segunda-feira (12) a Boa Vista para participar de uma reunião sobre a intensa imigração venezuelana para Roraima. A comitiva seguiu direto para o Palácio Senador Hélio Campos, no Centro da cidade, onde ocorre, desde às 11h22, uma reunião a portas fechadas para tratar sobre o fluxo de venezuelanos para o estado. Após a discussão, Temer retornará ao Rio de Janeiro.
Do lado de fora do palácio, manifestantes fazem um protesto contra a privatização do setor elétrico, reforma da previdência e demais privatizações propostas pelo governo federal. Eles também gritam "Fora, Temer". A organização diz que há 300 pessoas no ato. A Polícia Militar, que faz a segurança no local, não informou estimativa de participantes.

Créditos: NBR



Leia Também Passo Fundo contará com Centro de Conciliação da Justiça do Trabalho Câmara aprova intervenção federal na segurança pública do RJ Adolescente morre após levar choque de celular ligado na tomada Passo Fundo receberá Centro de Conciliação da Justiça do Trabalho